Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Bezerros

Governo do Estado de SP anuncia edital de parceria em inovação tecnológica e pesquisa com bezerros leiteiros

Imagem
Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio do Instituto de Zootecnia (IZ/Apta), anuncia a publicação de Edital Chamamento Público que visa celebrar parcerias de Cooperação Técnico Científica com a iniciativa privada, para o desenvolvimento de soluções inovadoras de produtos e processos para criação de bezerros leiteiros jovens machos e fêmeas. Os projetos ocorrerão na Unidade de Referência em Inovação Tecnológica e Pesquisa de Bezerros Leiteiros do IZ localizada na unidade de Ribeirão Preto (SP). Pesquisa Para desenvolver a pesquisa será implantada uma unidade de criação de bezerros para o desenvolvimento de projetos em novos produtos e tecnologias nas áreas de nutrição, alimentação, sanidade, imunologia, manejo, bem-estar animal, e de zootecnia de precisão com bezerros (as) em aleitamento e após o desmame, nos diferentes sistemas de criação. Será formada uma equipe de pesquisadores procedentes do IZ, técnicos das empresas parceiras, pesquisadores d

Desmama precoce em pecuária de corte aumenta prenhez em mais de 20%

Imagem
   Pesquisas conduzidas pela Embrapa Pantanal e Embrapa Gado de Corte, ambas em Mato Grosso do Sul, registraram que a desmama precoce promoveu aumento ao redor de 20% na taxa de prenhez das matrizes e manutenção no ganho de peso dos bezerros. A desmama precoce na pecuária de corte é um tema que causa certa apreensão nos produtores rurais e, desde 2011, pesquisadores das duas Unidades da Embrapa estudam o tema considerado uma tática para a intensificação pecuária, principalmente, em solos com baixa aptidão agrícola. Os pesquisadores da Embrapa Urbano Gomes e Luiz Orcírio de Oliveira explicam que desmamar precocemente o bezerro é uma alternativa para melhorar o escore corporal das fêmeas, pois logo após o parto elas entram em balanço energético negativo e optam, naturalmente, pela sobrevivência e alimentação da cria. Assim, os índices de reconcepção declinam. “[Com a tática], tivemos lotes que passaram de 76% para 93% de taxa de prenhez, 72% para 92% e alguns ati
E aí, gostou da matéria? A Agroales News tem em sua missão trazer boas informações aos seus leitores. Sinta-se livre para curtir, comentar e compartilhar nas redes sociais! Contribua com PIX! Chave PIX AGROALES: 999e11f7-141b-460e-a5fe-27a2673c20b3