Postagens

Mostrando postagens com o rótulo exportação

Brasil exporta volume recorde de carne bovina para março

Imagem
  O Brasil exportou em março um volume recorde de carne bovina para o mês de 203.5 mil toneladas, 28% acima ao embarcado no mesmo período do ano passado, informou a Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo). A receita também foi recorde para o mês, chegando a US$ 1.1 bilhão, com alta de 57% na comparação anual. No primeiro trimestre, as exportações de carne bovina brasileira somaram 545.75 mil toneladas, com aumento de 33%. A receita subiu 60% para US$ 2.9 bilhões. “A China continua liderando as importações, com um total de 188.2 mil toneladas nos primeiros três meses do ano (+30,6% em relação a 2021)”, informou a Abrafrigo em nota. Os Estados Unidos foram o segundo maior importador, com 69.8 mil toneladas (+395%), seguido de Egito, com 47.7 mil toneladas (+262%) e Hong Kong, com 29.6 mil toneladas (-49%). Outros destaques foram Chile, com 18.7 mil toneladas (+2,6%), Israel com 14.7 mil toneladas (+44,4%), Emirados Árabes Unidos com 13 mil toneladas, Filipinas co

Exportações do agro mineiro crescem 9%

Imagem
Agronegócio representou 34% de todo o faturamento das vendas externas do estado Com crescimento de 9,2% na receita e 28,4% no volume, as exportações do agronegócio de Minas Gerais já atingem US$ 6,42 bilhões no acumulado entre janeiro e setembro deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado. Ao todo, foram embarcadas mais de 10 milhões de toneladas em produtos. O subsecretário de Política e Economia Agropecuária da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) , João Ricardo Albanez, destaca a importância do agro para a economia de Minas Gerais, uma vez que o setor representou 34,4% das exportações de todo o estado. “Isso é um resultado muito positivo para a economia de Minas. O estado teve um pequeno declínio no valor geral das exportações, mas, se não tivéssemos o agronegócio, teríamos uma queda ainda maior. No saldo da balança comercial o agro contribuiu com US$ 5,9 bilhões, valor que representa 46% do saldo comercial mineiro”, afirma A

Vendas para China preveniram choque nas exportações, diz Guedes

Imagem
    A recuperação rápida da economia de diversos países da Ásia, especialmente a China, impediu que a pandemia do novo coronavírus provocasse um choque nas exportações brasileiras, disse hoje (10) o ministro da Economia, Paulo Guedes. Segundo ele, o “apetite” asiático compensou a queda nas vendas para os Estados Unidos, a Europa e a Argentina. O ministro participou de uma reunião virtual do Fórum de Incentivo à Cadeia Leiteira, promovido pela Frente Parlamentar da Agropecuária. Durante o encontro, Guedes disse que, graças ao consumo da Ásia, as exportações brasileiras fecharam o primeiro semestre quase estáveis em relação ao mesmo período de 2019. De janeiro a junho, o Brasil vendeu US$ 102,43 bilhões ao exterior, valor 6,4% inferior ao do mesmo período de 2019. Segundo os números mais atualizados do Ministério da Economia, divulgados nesta segunda-feira, as exportações somam US$ 125,74 bilhões até a prime

Brasil alcança abertura de 60 mercados para produtos agropecuários

Imagem
O Brasil alcançou a marca de 60 mercados externos abertos para produtos agropecuários desde janeiro de 2019. O mais recente é a exportação de lácteos para a Tailândia, conforme anunciou nesta sexta-feira (22) a ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) durante webinar sobre oportunidades e perspectivas para o setor agropecuário durante a pandemia do coronavírus, promovido pelo Instituto de Engenharia. Entre outros produtos para exportação estão castanha de baru para Coreia do Sul, melão para China (primeira fruta brasileira para o país asiático), gergelim para a Índia, castanha-do-Brasil (conhecida também por castanha-do-Pará) para Arábia Saudita e material genético avícola para diversos países. “O Ministério da Agricultura, na área internacional, optou pela abertura de mais mercados, mas também pela diversificação de produtos”, ressalta a ministra, destacando que a pauta exportadora não deve ficar concentrada somente em soja, milho, carnes e cana-

Missão aos Emirados Árabes abrirá oportunidades para o agro brasileiro

Imagem
Visita da ministra Mariam Al Mehairi, dos Emirados Árabes, à Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, reforçou o interesse na parceria com a instituição de pesquisa brasileira Entre os dias 18 e 21 de janeiro, o presidente da Embrapa, Celso Moretti, participa de mais uma agenda internacional do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), voltada ao fortalecimento das relações bilaterais de cooperação e da abertura de novos mercados para o agro brasileiro. A missão técnica a Abu Dhabi e Dubai, nos Emirados Árabes, prevê visitas a instituições governamentais e de pesquisa relacionadas ao aproveitamento de água convencional e não-convencional (como solução salina, água tratada, água industrial, drenagem agrícola e água do mar), empresas privadas de alimentos e bebidas e propriedades agrícolas. No dia 19, está confirmado encontro com a ministra da Segurança Alimentar do Futuro dos Emirados Árabes, Mariam Al-Mehairi, para discutir possibilidades de parcerias est

Vendas externas do Agro ultrapassam US$ 100 bilhões no acumulado de 12 meses

Imagem
As exportações do agronegócio atingiram US$ 100,10 bilhões entre dezembro de 2017 e novembro de 2018 (+5,2%), ultrapassando a marca de US$ 100 bilhões. O aumento das exportações ocorreu em função do incremento da quantidade exportada (+ 5,3%). “A superação da marca dos 100 bilhões de dólares de exportações anuais do agronegócio brasileiro reflete tanto a boa gestão do Ministério da Agricultura como a excelência do nosso setor produtivo”, comemora o secretário de Relações Internacionais do Agronegócio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Odilson Ribeiro e Silva. Recorde para o período ocorreu entre dezembro de 2012 e novembro de 2013, quando o Brasil exportou US$ 100,70 bilhões em produtos do agronegócio, conforme dados do boletim da Balança Comercial do Agronegócio divulgado nesta segunda-feira (17). A participação do setor nas exportações totais brasileiras registraram 42,1% (-1,9 ponto percentual em relação ao período anterior, que foi de 44%). Vendas em novemb

Exportar café de alta qualidade é desafio do Brasil, diz Abic

Imagem
Maior produtor mundial de café, o Brasil colheu neste ano safra recorde de mais de 60 milhões de sacas do grão nas lavouras de todo o país. Desse total, 60% foram exportados, com destaque para os mercados norte-americano, alemão, italiano e japonês, que compram quase metade do montante. Os 40% restantes são absorvidos pelo mercado interno, o que coloca o Brasil como segundo maior consumidor de café do planeta, com cerca de 23 milhões de sacas do produto ao ano, atrás apenas dos Estados Unidos. Apesar da posição destacada no setor, o país exporta pouco o produto industrializado, que tem maior valor agregado. "O Brasil é o maior exportador de café em grão cru, que agrega pouco valor, porque praticamente não há muita industrialização do produto, que é vendido conforme sai da lavoura. O trabalho de industrialização acaba sendo feito no país que comprou a matéria-prima", diz o diretor executivo da Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), Nathan Hersckowic. O empresá

Safra de café deste ano bate recorde nacional e mundial

Imagem
Nesta terça-feira (16), o Brasil Rural conversa com o chefe adjunto de transferência de tecnologia da Embrapa Café, Lucas Tadeu. Ele explica que a safra brasileira de café em 2018 é recordista no País e no mundo. Segundo o especialista, de acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a safra de café deste ano será de 59 milhões e 900 mil sacas de café, o que corresponde a um terço da produção mundial. Ele lembra que o relatório da Organização Internacional do Café mostra que o consumo mundial do café gira em torno de 160 milhões de sacas. “Os dados oficiais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que o Brasil tem mais ou menos 300 mil unidades produtoras de café, das quais 80% são pequenos e médios e 20% são os grandes. E o dado curioso é que esses 20% (grandes produtores) produzem 80% do café e os 80% (pequenos e médios) produzem 20% (do café)”, esclarece Lucas Tadeu. O chefe adjunto destaca que o Brasil é o maior produtor, ma

Exportações do agro devem atingir US$ 100 bilhões

Imagem
Estimativa foi feita por Blairo Maggi durante posse do novo presidente da Embrapa no Palácio do Planalto Durante a posse do novo presidente da Embrapa, Sebastião Barbosa, no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira (10), o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi, disse que o agronegócio deverá encerrar o ano com exportações de US$ 100 bilhões. “É uma marca que vínhamos perseguindo e, agora, vamos alcançar”, disse o ministro. O presidente Michel Temer ressaltou a importância do setor do agronegócio para a economia brasileira, lembrando ter contribuído “em grande parte” para a recuperação do PIB (Produto Interno Bruto) do país, que, em maio de 2016, estava em -5,9%, passou a 1% de crescimento no ano seguinte e deverá encerrar 2018 com algo em torno de 1,4%. O secretário executivo do Mapa, Eumar Novacki, presidente do Conselho da Embrapa, também destacou que “o agro é o pilar mais importante da economia, representando cerca de um quatro do PIB e qua

Negociação para exportar bovinos vivos foi acertada com Arábia Saudita

Imagem
  Em novembro, nova reunião será realizada em Riade, com representantes dos dois países, incluindo empresários, para tratar de detalhes operacionais Para acertar os detalhes operacionais e comerciais de exportação de bovinos vivos para a Arábia Saudita, integrantes do Departamento de Saúde Animal (DSA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), do Ministério de Meio Ambiente, Água e Agricultura daquele país (MEWA), além de empresários dos países, se reunirão em novembro, em Riade. O diretor do Departamento de Saúde Animal do Mapa, Guilherme Marques, disse que produtores brasileiros preveem exportar até 150 mil animais por ano destinados ao abate e reprodução. No domingo (30), o Brasil concluiu negociação iniciada em 2014 para a exportação de animais vivos à Arábia Saudita, durante missão organizada pelo Mapa. Na oportunidade, foi acertado o modelo de certificação que será firmadoa pelo Mapa para animais destinados aquele país. A abertura de mercado foi baseada

Volume exportado de carne bovina in natura é recorde para agosto

Imagem
  Além de soja, especialmente em grão, também o segmento de celulose vem se destacando nos resultados do acumulado no ano A quantidade de carne bovina in natura comercializada no exterior apresentou recorde mensal no resultado de agosto, com 144,42 mil toneladas negociadas, aumento de 17,6%, e de 13,5% de crescimento em valor (US$ 590 milhões). A alta foi registrada apesar da queda do preço médio (- 3,5%) no período, conforme o Boletim da Balança Comercial do Agronegócio divulgado pela Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio (SRI) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) nesta sexta-feira (14). Os principais destinos foram a China, com 33,3 mil toneladas (+23%), e Hong Kong, com 26,6 mil toneladas (+18%) da carne bovina in natura. As exportações do agronegócio, entre janeiro e agosto, foram de US$ 68,52 bilhões (+4,7%). Essa elevação ocorreu em função, principalmente, do aumento do volume exportado, que subiu 3,8% no período analisado. As importaç

Mapa vai lançar plano para aumentar exportações de frutas

Imagem
O Brasil é o terceiro maior produtor do mundo, mas ocupa a 23ª posição no ranking de exportadores Está previsto para o próximo mês, o lançamento pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) do Plano Nacional de Desenvolvimento da Fruticultura, com o objetivo de traçar uma política e estratégias de ação para o setor visando avançar na qualidade da produção, o aumento do consumo interno e das exportações. Há expectativa de que o Brasil dobre a produção em cinco anos e aumente em, pelo menos 50%, o volume de exportações em dois anos. O país ocupa a 23ª posição no ranking mundial de exportação de frutas, de acordo com a Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), parceira na elaboração do plano. De acordo com o assessor da Secretaria-Executiva do Mapa, Ricardo Cavalcanti, “alguns gargalos impedem maior competitividade da fruticultura brasileira, por isso é importante a adoção de políticas de médio e longo prazos, compreendendo pa

Brasil vai exportar embriões bovinos para a Colômbia

Imagem
Por Olga Bardawil* - Repórter da Agência Brasil   O Brasil vai começar a exportar embriões bovinos in vitro para a Colômbia, a partir de um acordo fechado nesta semana entre o Departamento de Saúde Animal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e o Instituto Colombiano Agropecuário. Segundo a coordenadora de Trânsito e Quarentena Animal do ministério, Judi Nóbrega, o Certificado Veterinário Internacional, firmado entre os dois países, foi atualizado para atender a produtores brasileiros e colombianos. Ela lembra que até agosto de 2016, não havia acordo com os países da América do Sul para o comércio de embriões bovinos in vitro , embora houvesse grande interesse do setor. "Demos prioridade às negociações com esse bloco e, desde então, já foram firmados acordos sanitários com os serviços veterinários do Paraguai, da Bolívia, do Uruguai e da Argentina" diz Judi. A coordenadora destaca que a ampliação dos acordos para a exportação de embriões bo

Ministério da Agricultura suspende exportação de pescado para a União Europeia

Imagem
Suspensão das exportações é preventiva e entra em vigor em de janeiro de 2018 O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento suspendeu temporariamente a exportação de pescado para a União Europeia. A medida preventiva entra em vigor no dia 3 de janeiro de 2018 e será acompanhada de um plano de ação para responder aos questionamentos apresentados depois da missão de auditoria dos europeus em solo brasileiro, ocorrida em setembro de 2017. A suspensão foi anunciada hoje (26) pela pasta com o objetivo de evitar a possível suspensão unilateral pela União Europeia e ter uma posição mais favorável para retomar as exportações assim que os problemas relatados forem resolvidos. Ao mesmo tempo, o Ministério da Agricultura busca formas de implementar a colaboração com outros órgãos públicos para inspeção sanitária nas embarcações, por exemplo, item bastante criticado pelos europeus. Segundo a pasta, as autoridades sanitárias europeias entendem que os pescados fazem parte de um
E aí, gostou da matéria? A Agroales News tem em sua missão trazer boas informações aos seus leitores. Sinta-se livre para curtir, comentar e compartilhar nas redes sociais! Contribua com PIX! Chave PIX AGROALES: 999e11f7-141b-460e-a5fe-27a2673c20b3