Postagens

Mostrando postagens com o rótulo silvicultura

Mudas de clones de seringueira selecionados pela Embrapa estarão disponíveis aos heveicultores em 2022

Imagem
  Os viveiristas Cynira e Walter José Geromel, de Valentim Gentil (SP), recebendo as hastes dos clones de seringueira selecionados pela Embrapa - Foto: Breno Lobato Viveiristas interessados em produzir mudas dos clones de seringueira selecionados pela Embrapa Cerrados para o Centro-Oeste do Brasil estiveram no centro de pesquisas em dezembro de 2021 para retirar os lotes de hastes para enxertia adquiridos em oferta pública da Embrapa. De olho no aquecimento do mercado interno de borracha natural, eles apostam na produtividade superior dos materiais. Osmair Leite e Carlos Henrique Camargo, proprietários do Viveiro Goianésia, de Goianésia (GO), adquiriram lotes de 10 dos 14 clones recomendados pela pesquisa para a região. O viveiro, que produziu 220 mil mudas no ano passado, abastece produtores de Tocantins, Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Bahia. Leite trabalhou numa das fazendas que participaram dos testes de seleção dos clones e acompanhou os plantios dos ex

Bambu é alternativa de renda na produção familiar

Imagem
  Foto: Elias Miranda É possível manejar bambus nativos e fazer da planta uma opção de renda na agricultura familiar. Com técnicas de colheita adequadas o vegetal rebrota com facilidade e pode produzir por muito tempo. É o que concluiu uma pesquisa da Embrapa realizada em comunidades rurais do Acre com o objetivo de comprovar o potencial econômico e viabilizar o aproveitamento desse recurso natural. Com moradores da Reserva Extrativista Chico Mendes , município de Assis Brasil (AC), os pesquisadores atuaram na definição de um sistema de produção para a cultura. Além de possibilitar o manejo de reservas nativas, as pesquisas realizadas pela Embrapa em parceria com a Fundação de Tecnologia do Acre ( Funtac ), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresa ( Sebrae ) e Universidade Federal do Acre ( Ufac ) contribuíram para desmistificar o vegetal, antes considerado indesejado por sua capacidade de se espalhar rapidamente. Para demonstrar as potencialidades do bambu

Recipientes menores otimizam produção de mudas de açaí

Imagem
As mudas são mais resistentes ao estresse característico do primeiro ano e dão menos trabalho a quem lida com menores quantidades de mudas. O boletim de pesquisa Produção de mudas de açaizeiro em recipientes de diferentes volumes , da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), traz a primeira comprovação científica sobre os melhores materiais para esse fim, mais econômicos e adequados às demandas de um setor produtivo com áreas de cultivo em crescente expansão. Com o aumento do consumo do açaí – fruto antes proveniente apenas do extrativismo –,  no Brasil e no exterior,  o açaizeiro ( Euterpe oleracea ) passou a ser manejado em grandes áreas e em pomares comerciais. “Os novos dados, comprovados estatisticamente, colaboram para haver no mercado mudas de qualidade em maior número, a um custo menor, em recipientes de menor tamanho, mais fáceis de se manejar e transportar”, contextualiza  Walnice Maria Oliveira do Nascimento,  pesquisadora da Embrapa autora da public

Parceria incentiva plantio de araucárias e conservação genética

Imagem
  Será instalado um banco de conservação de Araucaria angustifolia visando garantir a variabilidade genética da população natural - Foto: Katia Pichelli Parceria firmada entre a Embrapa Florestas e a ENGIE, por meio do Sistema de Transmissão Gralha Azul, vai incentivar o plantio de araucária ( Araucaria angustifolia ), bem como a estruturação de um banco genético para conservação da espécie no estado do Paraná. A parceria prevê a instalação de 13 Unidades de Referência Tecnológica (URTs) de técnicas de plantio de araucária - associada a outras espécies da Floresta Ombrófila Mista – em propriedades de agricultores paranaenses, como estratégia de transferência de tecnologia e estabelecimento de coleção de material genético. Segundo Erich Schaitza, chefe geral da Embrapa Florestas, “há um número significativo de produtores rurais que, por lei, devem recuperar áreas de florestas em suas propriedades para atender ao novo Código Florestal, mas não possuem referências técnicas, na

Embrapa faz nova oferta de hastes de seringueiras para produtores de mudas

Imagem
A Embrapa está ofertando hastes de planta básica para enxertia de 14 clones de seringueiras exclusivamente para produtores de mudas inscritos no Registro Nacional de Sementes e Mudas (Renasem). A oferta visa contribuir para a diversificação clonal, o aumento de produtividade e a sustentabilidade dos seringais brasileiros, sobretudo da região Centro-Oeste. São disponibilizados 613 lotes com hastes de 10 metros dos clones OS 22, PB 311, PB 312, PC 119, RRIM 713, PB 291, PB 314, PB 324, PB 350, PB 355, RRIM 901, RRIM 937, RRIM 938 e PC 140 para retirada em 2021. Os materiais foram registrados no Registro Nacional de Cultivares (RNC), no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Os interessados devem enviar, até às 17h de 30 de novembro, um e-mail com o assunto “Oferta de seringueira 20/21” para o endereço [email protected] e informando, no formulário constante neste documento , os clones e quantidades desejados, observando os limites de aquisiçã

Projeto para fortalecer cadeia da Macaúba no semiárido inicia nova fase

Imagem
  A fim de fortalecer a cadeia produtiva da macaúba para a agricultura familiar na região semiárida do Brasil, a Embrapa Agroenergia realizou na manhã do dia 26 de agosto uma reunião de trabalho com representantes da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo do Ministério da Agricultura (SAF/Mapa) e da Conab, Emater - CE, IF – CE, SDA e IBGE. O objetivo foi definir as próximas ações do projeto “Fortalecimento da cadeia de produção da macaúba em contextos da região semiárida no Brasil”. A coordenadora do projeto na Embrapa Agroenergia, a pesquisadora Simone Palma Favaro, relatou que em fevereiro ou março de 2021, quando tiver início o ciclo das chuvas, será iniciado o plantio de macaúba em 10 unidades demonstrativas, com um hectare cada, em áreas de agricultores familiares no município de Barbalha (CE), localizado no Cariri cearense.  “Entramos na fase de sair do campo experimental para o campo de produção real, para onde iremos levar um pouco do que já constr

Relatório anual pode mostrar a realidade amazônica para o mundo

Imagem
    A elaboração de um plano para a Amazônia e a publicação anual de um relatório com dados ambientais, agrários, agrícolas, de infraestrutura e socioeconômicos foram as ações propostas pelo chefe-geral da Embrapa Territorial, Evaristo de Miranda, para dar transparência às informações sobre a região. As sugestões foram apresentadas na 3ª Videoconferência Amazônia - Ocupação Sustentável, promovida pela Sociedade Nacional de Agricultura (SNA), no dia 10 de agosto. Miranda debateu o tema com o ex-ministro da Defesa, e da Ciência e Tecnologia, Aldo Rebelo, e com o presidente da Federação de Agricultura e Pecuária (Faea) e do Fundo de Defesa Agropecuária (Fundepec) do estado do Amazonas, Muni Lourenço. O moderador foi o presidente da Academia Nacional de Agricultura (ANA/SNA), Caio Carvalho. (Clique aqui  para assistir) Explicar a Amazônia O relatório proposto por Miranda tem o objetivo de explicar a complexidade da região amazônica, tanto para os brasileiros quanto para

Depois da Região Sul, agora é a vez de Minas Gerais debater a cadeia do pinhão

Imagem
  Depois da Região Sul do Brasil, nesta terça-feira, 18/08, será a vez da região Sul de Minas Gerais debater os desafios e oportunidades para o desenvolvimento da cadeia do pinhão. O evento faz parte de uma série de webinários promovidos pelo Serviço Florestal Brasileiro que estão discutindo diversas cadeias vinculadas à sociobiodiversidade. O objetivo dos encontros é estimular a atuação dos gestores dos municípios para promoção da bioeconomia da floresta, com o foco no fomento e no desenvolvimento da cadeia do produto nos estados produtores. Na temática “pinhão”, a Embrapa Florestas é co-realizadora dos eventos, que são transmitidos pelo canal do SFB no Youtube . Confira a programação:    Katia Pichelli (MTb 3594/PR) Embrapa Florestas

Webinar debateu a promoção e o desenvolvimento da cadeia do pinhão

Imagem
  Evento iniciou a série de seminários Bioeconomia da Floresta: Desafios e Oportunidades para o Desenvolvimento de Cadeias da Sociobidiversidade O seminário virtual “Bioeconomia da Floresta: Desafios e Oportunidades para o Desenvolvimento da Cadeia do Pinhão na região Sul” aconteceu na tarde desta quinta-feira (13) e foi promovido pelo Serviço Florestal Brasileiro e da Embrapa Florestas. A abertura do evento foi feita pelo secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Marcos Montes, pelo diretor-geral do Serviço Florestal Brasileiro (SFB), Valdir Colatto, e pelo chefe-geral da Embrapa Florestas, Erich Schaitza.   O objetivo dos encontros é estimular a atuação dos gestores dos municípios para promoção da bioeconomia da floresta, com o foco no fomento e no desenvolvimento da cadeia do produto nos estados produtores. Na edição de hoje o produto em debate foi a cadeia do pinhão na região Sul. O secretário-executivo, Marcos Montes, d

Seminário virtual sobre Bioeconomia da Floresta debate cadeia do pinhão

Imagem
  Evento promovido pelo Serviço Florestal Brasileiro e Embrapa Florestas visa desenvolver a sociobiodiverdade O Serviço Florestal Brasileiro e a Embrapa Florestas vão promover, no dia 13 de agosto, o webinário   “Bioeconomia da Floresta: Desafios e Oportunidades para o Desenvolvimento da Cadeia do Pinhão na região Sul”. O objetivo do encontro é estimular a atuação dos gestores dos municípios para promoção da bioeconomia da floresta, com o foco no fomento e no desenvolvimento da cadeia do produto nos estados produtores. Durante o encontro, representantes do SFB, da Embrapa Florestas, da Secretaria de Agricultura Familiar/Mapa e da Companhia Brasileira de Abastecimento (Conab) vão debater a bioeconomia da floresta na região Sul, desafios e oportunidades para a promoção da cadeia do pinhão, oportunidades de fomento para as cadeias da sociobiodiversidade, oportunidade de compra e subvenção de produtos da sociobiodiversidade. Pinhão O pinhão é uma semente da espécie Arauc

Tecnologia blockchain abre caminho para parceria de inovação entre Minas e Holanda

Imagem
O Governo de Minas Gerais, por meio das secretarias de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede) e de Planejamento e Gestão (Seplag) , Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sisema) e Prodemge , está desenvolvendo uma solução em Blockchain (tecnologia que possibilita a troca direta de informações, sem a necessidade de envolvimento de terceiros) para o transporte de carvão vegetal oriundo de replantio. A tecnologia, que acaba de ser apresentada ao governo da Holanda, que é referência no assunto, abriu caminho para uma nova etapa de inovação: a possibilidade de realização de um projeto conjunto entre os dois governos. Responsável pela internacionalização do projeto, a chefe da Assessoria de Cooperação Nacional e Internacional da Sede, Maria Bueno, afirma que a expectativa é que o acordo seja fechado até o primeiro semestre de 2020. A partir dele, o governo holandês começará a atuar com conhecimento e transferência de tecnologia. “Além de Minas Gerais ter uma rel

Pesquisadores internacionais discutem o papel das florestas para diminuir as mudanças climáticas

Imagem
A programação oficial do XXV Congresso Mundial da IUFRO começou nesta segunda-feira, 30, com a plenária que discutiu “O papel das florestas, dos produtos florestais e dos serviços florestais em um clima em mudança”, realizada no Teatro Positivo. O objetivo da sessão foi debater e identificar de que forma as florestas e os produtos florestais em toda a cadeia podem contribuir para diminuir o efeito das mudanças climáticas. A plenária teve moderação de Gerald Steindlegger, consultor, ex-CEO da WWF Áustria e ex-diretor de Políticas para o Programa de Florestas e Mudanças Climáticas da WWF Internacional, e Werner Kurz, pesquisador do Serviço Florestal Canadense, como palestrante. Segundo Kurz, o aquecimento global é, hoje, o maior desafio da humanidade. Ele afirmou que as ações da população contribuíram para que essa temperatura média mundial na superfície tenha aumentado significativamente, e que o impacto da mudança climática já é sentido em todo mundo, conforme o Painel Intergov

Iufro 2019 aborda “árvores fora da floresta” na análise da paisagem

Imagem
“Árvores fora da floresta” (AFF ou, em inglês, TOFs - Trees outside forests) é um conceito usado em termos de classificação de uso/cobertura da terra no contexto da análise da paisagem. Ele se refere às árvores que ocorrem de forma isolada, localizadas em áreas definidas como não-floresta: espalhadas em campos e pastagens, áreas agrícolas, ao longo de estradas, ferrovias, rios, córregos ou ainda em usos urbanos, como árvores de rua e parques. Para discutir a importância, definições e estratégias de avaliação para as TOFs, será realizada sessão técnica do XXV Congresso Mundial da Iufro, que acontece no dia 30 de setembro, das 15h30 às 17h30, na sala R14, asa 02. Pesquisadores do Brasil, Nigéria, África do Sul, Gana, Alemanha, Holanda e Suécia participarão da sessão que será coordenada pela pesquisadora da Embrapa Florestas, Yeda Malheiros de Oliveira: “O interesse em TOFs cresceu nos últimos levantamentos da Forest Research Assessment, conduzida pelo FAO, e com relatórios de análise d

Plantio de araucárias abre os trabalhos do maior congresso de pesquisa florestal do mundo em Curitiba

Imagem
O XXV Congresso Mundial da União Internacional de Organizações de Pesquisa Florestal (IUFRO, na sigla em inglês) começou neste domingo, 29, em Curitiba, em cerimônia especial com o plantio de cinco novas araucárias, de três diferentes regiões do mundo. A solenidade foi realizada no Jardim Botânico da capital paranaense com a presença de diversas autoridades e participantes do congresso. A cerimônia marca o início do evento, que vai até dia 5 de outubro. Este congresso é realizado pala IUFRO desde 1893 e é a primeira vez que ocorre na América Latina. São cerca de 2.500 participantes e 40% deles são brasileiros. “É uma oportunidade única de interagir com pesquisadores e especialistas do mundo inteiro. Todos focados em pesquisas voltadas para as florestas. Nós viemos juntos para plantar árvores, em especial a araucária, símbolo do Paraná, que está correndo riscos de acabar e estamos muito preocupados com isso”, destacou o presidente da IUFRO Mike Wingfield. Para o coordenador do Comitê

Curitiba sedia maior evento de pesquisa do setor florestal do mundo

Imagem
Mais de 2.300 pesquisadores, estudantes e profissionais ligados ao setor florestal em todo o mundo participam, a partir deste domingo, dia 29, do XXV Congresso Mundial da União Internacional de Organizações de Pesquisa Florestal (IUFRO), na Expo Unimed, em Curitiba (PR). Este é o maior evento de discussão técnica e científica sobre o tema e pela primeira vez está sendo realizado em um país da América Latina. A abertura oficial do congresso será na segunda-feira, dia 30, às 9h30, com a presença de autoridades nacionais e internacionais e com a entrega de prêmios. Antes disso, no entanto, no domingo, já haverá uma cerimônia de plantio de árvores no Jardim Botânico, às 10h, e a abertura do pavilhão de exposições, a partir das 18h. Com o tema “Pesquisa Florestal e Cooperação para o Desenvolvimento Sustentável”, o congresso terá, ao longo de uma semana, cinco plenárias com palestrantes de renome mundial, 20 subplenárias, 190 sessões técnicas com apresentações de mais de 4 mil trabalhos em
E aí, gostou da matéria? A Agroales News tem em sua missão trazer boas informações aos seus leitores. Sinta-se livre para curtir, comentar e compartilhar nas redes sociais! Contribua com PIX! Chave PIX AGROALES: 999e11f7-141b-460e-a5fe-27a2673c20b3