Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Ministério Da Agricultura

Portaria detalha diretrizes do AgroNordeste

Imagem
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicou, no Diário Oficial da União de hoje (21), portaria que coloca sob sua responsabilidade o Plano de Ação para o Nordeste (AgroNordeste).   O plano tem como meta "apoiar a organização das cadeias agropecuárias de relevância atual ou potencial" tanto do Nordeste como do norte de Minas Gerais e Espírito Santo. Além disso, o AgroNordeste pretende ampliar e diversificar os canais de comercialização, de forma a "aumentar a eficiência produtiva e o benefício social", diz a portaria. O AgroNordeste será coordenado pela Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação, tendo entre suas diretrizes a integração das ações empreendidas pelo Ministério da Agricultura e suas unidades vinculadas "de forma a promover complementaridades e sinergias"; atuar com ferramentas de inteligência estratégica e territorial; e identificar entraves que comprometem a competitividade nas cadeias

Número de produtores de cachaça no Brasil cai em 2019, mostra estudo

Imagem
O número de produtores de cachaça e aguardente apresentou queda de 22,26% em 2019, na comparação com 2018. É o que mostra o estudo A cachaça no Brasil - dados de registro de cachaças e aguardentes, publicado ontem (22) pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O levantamento revela que em 2018 havia 1.397 produtores registrados no ministério e que, em 2019, o número de estabelecimentos com registros válidos foi de 1.086. Desse total, 165 produtores fabricam as duas bebidas, 192 produzem apenas aguardente e 729 produzem apenas cachaça. "Esse recuo no número de produtores registrados deveu-se, em grande parte, à redução do número de fabricantes de aguardente, que sofreu decréscimo de 41,57% quando comparado ao ano anterior, enquanto a redução do número de produtores de cachaça foi de apenas 5,99% no mesmo período", diz o levantamento. Esta é a segunda vez que o ministério publica um

Contratação de crédito rural em alta de 32% no trimestre

Imagem
  Entre julho e setembro, produtores brasileiros contrataram R$ 50 bilhões Os primeiros três meses de vigência do Plano Agrícola e Pecuário 2018/2019 apresentam alta de 32% nos valores contratados, na comparação com o mesmo período do ano anterior. Entre julho e setembro, produtores brasileiros contrataram R$ 50 bilhões do crédito rural, totalizando 204.356 operações. A maior parte do desembolso se destinou a operações de custeio, R$ 29,8 bilhões, seguida por operações de comercialização, com R$ 9,3 bilhões, programas de investimento, que totalizaram R$ 8,5 bilhões, e industrialização, com R$ 2,5 bilhões. Relativamente às disponibilidades de recursos para a safra, foram contratados 26% do volume, ante 20% em igual período na safra anterior. Para o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Wilson Vaz de Araújo, a avaliação do período é positiva, em função da demanda muito superior à do ano passado. "O incremento de 32% ganha maior

Negociação para exportar bovinos vivos foi acertada com Arábia Saudita

Imagem
  Em novembro, nova reunião será realizada em Riade, com representantes dos dois países, incluindo empresários, para tratar de detalhes operacionais Para acertar os detalhes operacionais e comerciais de exportação de bovinos vivos para a Arábia Saudita, integrantes do Departamento de Saúde Animal (DSA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), do Ministério de Meio Ambiente, Água e Agricultura daquele país (MEWA), além de empresários dos países, se reunirão em novembro, em Riade. O diretor do Departamento de Saúde Animal do Mapa, Guilherme Marques, disse que produtores brasileiros preveem exportar até 150 mil animais por ano destinados ao abate e reprodução. No domingo (30), o Brasil concluiu negociação iniciada em 2014 para a exportação de animais vivos à Arábia Saudita, durante missão organizada pelo Mapa. Na oportunidade, foi acertado o modelo de certificação que será firmadoa pelo Mapa para animais destinados aquele país. A abertura de mercado foi baseada

Mapa amplia medidas para barrar eventual ingresso da peste suína africana

Imagem
O Departamento de Saúde Animal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) está ampliando as medidas de vigilância sanitária que visam evitar o ingresso do vírus da Peste Suína Africana (PSA) no Brasil. O diretor interino do DSA, Ronaldo Teixeira, alerta que “as ações de vigilância e o envolvimento por parte da sociedade brasileira (empresas, técnicos, produtores, passageiros e órgãos públicos) são fundamentais para manter a suinocultura do Brasil livre da doença que tem se alastrado em várias partes do mundo. Já atingiu o Leste da Europa, Ásia, África e Rússia. No Japão, em agosto, foi registrado foco, inclusive, da forma clássica da doença. No Brasil, a PSA foi erradicada em 5 de dezembro de 1984 e o país foi declarado área livre da doença. Todos os setores do Ministério ligados à defesa agropecuária, junto com os órgãos estaduais de sanidade agropecuária e instituições públicas e privadas que atuam na produção, industrialização e comércio de

Saldo da balança do agronegócio em junho é de US$ 8,17 bilhões

Imagem
O saldo da balança comercial do agronegócio em junho foi de US$ 8,17 bilhões, segundo divulgou nesta sexta-feira (13) a Secretaria de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O resultado das exportações do setor alcançaram US$ 9,21 bilhões, recuando 0,7% em relação aos US$ 9,27 bilhões alcançados em junho do ano passado. O agronegócio representou 45,6% do total das vendas externas brasileiras do mês. Já as importações do setor totalizaram US$ 1,04 bilhão em junho, com retração de 10,1% em relação ao mesmo período de 2017. Além da soja, com participação de 53,5% das exportações do setor em junho, os outros quatro principais segmentos foram: produtos florestais (14,4%), carnes (8,3%), complexo sucroalcooleiro (7%) e café (3,9%). Em conjunto, as vendas externas dos cinco setores apresentaram participação de 87% do total exportado pelo agronegócio brasileiro em junho de 2018. A região asiática, com destaque para a China, foi o principal destino das
E aí, gostou da matéria? A Agroales News tem em sua missão trazer boas informações aos seus leitores. Sinta-se livre para curtir, comentar e compartilhar nas redes sociais! Contribua com PIX! Chave PIX AGROALES: 999e11f7-141b-460e-a5fe-27a2673c20b3