Postagens

Mostrando postagens com o rótulo amazônia

Tecnologias para o aproveitamento da biodiversidade são apresentadas no Agrolab Amazônia

Imagem
  A Embrapa Amazônia Oriental apresenta tecnologias relacionadas à biodiversidade da região amazônica no Conecta Sebrae Agrolab Amazônia . De forma totalmente digital, com tecnologia de realidade virtual, o evento reúne expositores em ambiente 3D desde esta terça (22) e até quinta-feira (24). A feira é promovida pelo Sebrae Rondônia e busca fortalecer negócios e integrar das estratégias de desenvolvimento e sustentabilidade da Amazônia. A Embrapa está presente na feira com mais de 70 soluções tecnológicas a empreendedores e produtores rurais da Amazônia Legal. O centro de pesquisa sediado em Belém (PA) participa com a cultivar de açaizeiro BRS Pai d’Égua, softwares para o manejo florestal sustentável, o processo de desumidificação de mel de abelha nativa, sem ferrão, e soluções tecnológicas para agregar sabores da Amazônia em produtos. BRS Pai d’Égua – a cultivar é resultado da pesquisa com melhoramento genético do açaizeiro que apresenta duas características principai

Live debate as oportunidades de uso da ILPF na Região Norte

Imagem
  Na próxima quarta-feira (19), a  Rede ILPF , uma parceria público-privada entre a Embrapa e diversas empresas, promove a  live  "Oportunidades de Uso da ILPF na Região Norte". A transmissão será realizada no canal da Embrapa no YouTube, às 19h (horário de Brasília). Os pesquisadores Gladys Martinez (Embrapa Amazônia Oriental) e Vicente Godinho (Embrapa Roondônia), e o gestor de agronegócios da Fazenda Mogiguaçu (Paragominas, PA), Marcus Ubiratan Vieira, vão abordar as opportunidades e os desafios para a ampliação da adoção dos sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta na região. A Rede ILPF estima que o Brasil tenha hoje em torno de 15 milhões de hectares de ILPF em uso nas diferentes regiões do país. No Norte, os sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta estão em cerca de 1 milhão e meio de hectares. Os sistemas integrados intensificam o uso da terra de forma sustentável, promovem a recuperação e conservação do solo, recuperam e aumentam a produt

Pesquisador apresenta trabalho no I Simpósio Brasileiro de Thysanoptera

Imagem
  Adauto Tavares, pesquisador da Embrapa Amazônia Ocidental, será um dos palestrantes no I Simpósio Brasileiro de Thysanoptera (I SBT), que acontece entre os dias 17 e 21 de agosto, de forma virtual. O evento, que tem como tema “Tripes no Brasil: problemas e soluções”, é organizado pelo Núcleo de História Natural da Universidade Federal do Piauí, em conjunto com outras instituições de ensino.    No dia 20, Adauto Tavares vai proferir a palestra “Manejo do tripés-do-guaranazeiro”, relatando sobre as pesquisas que vem realizando com esse inseto que traz prejuízos para a cultura do guaraná. O pesquisador, entre outras coisas, avaliou a dinâmica populacional do inseto no ciclo produtivo anual do guaranazeiro e a os resultados permitem que se estabeleça o controle das populações por meio de seu manejo integrado.    O I Simpósio Brasileiro de Thysanoptera reunirá estudantes, profissionais e pesquisadores interessados em Thysanoptera e nos problemas causados por eles. O ev

Sistemas Agroflorestais na Amazônia e suas múltiplas contribuições aos Objetivos de Sustentável são temas de Live na Embrapa

Imagem
    Na próxima sexta-feira (14) ocorre a segunda Live da série que está debatendo o papel da pesquisa agropecuária na conquista das metas propostas pela Agenda 2030 , documento definido em 2015 pelas Nações Unidas (ONU), e que estabeleceu os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Especialistas da Embrapa e convidados irão debater os Sistemas Agroflorestais: SAFs – Múltiplas contribuições aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) na Amazônia. O encontro virtual será realizado às 15 horas, com transmissão no canal da Embrapa no Youtube (www.youtube.com/embrapa). A pesquisadora da Embrapa Amazônia Oriental, Tatiana Sá, será a mediadora do debate que traz ainda como convidados, o também pesquisador Osvaldo Kato; o agricultor, referência em SAFs na região, Michinori Konagano; Kleber Faria Perotes, membro da diretoria do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-Bio); além de João Luiz Guadagni, do Instituto Cone

Cartilha explica processo de regularização fundiária na Amazônia

Imagem
Elaborado pelo Mapa e Incra, material traz informações sobre como será o processo de concessão do ´título definitivo para pequenos produtores que vivem na Amazônia O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) elaboraram uma cartilha com dados e informações sobre o processo de regularização fundiária na Amazônia. O programa irá beneficiar 147 mil pequenos produtores instalados na Amazônia que têm a posse mansa e pacífica da terra e aguardam há décadas, pelo menos 30 anos, pelo título definitivo. Para obter o registro da terra, os produtores terão de ter o Cadastro Ambiental Rural (CAR) e não ocupar áreas com embargo ambiental, adequando-se ao Código Florestal, de 2012. O processo usará sensoriamento remoto para checar as informações geográficas das áreas da União (4 módulos fiscais) e dados do Sistema de Gestão Fundiária (Sigef), impedindo a regularização de terrenos sobrepostos a terras indígenas, unidades

Sistemas de ILPF para a Amazônia maranhense serão estudados e divulgados pela Embrapa Cocais e parceiros

Imagem
Foi aprovado o projeto “Modelos de Sistemas de ILPF para a Amazônia-MA”, do pesquisador da Embrapa Cocais Joaquim Bezerra, no Edital Associação Rede ILPF – chamada para financiamento de propostas de Unidades de Referência Tecnológica e de Pesquisa – URTs e URTPs e apoio a eventos técnico-científicos – chamada 001/2019. O objetivo é promover a divulgação de Sistemas Integrados de Produção (Sistemas de ILPF) como modelos sustentáveis de produção para a Região Amazônica do estado de Maranhão, na Região da Mata dos Cocais, visando ao aumento na adoção da ILPF como técnica de recuperação de áreas de pastagens degradadas por produtores pecuaristas. Além disso, com este projeto, pretende-se dar continuidade ao trabalho que vem sendo desenvolvido nas URTs de ILPF da Embrapa Cocais, implantadas em área de ocorrência de Babaçu, na Amazônia do estado do Maranhão. A equipe promoverá a capacitação de estudantes e técnicos multiplicadores nas tecnologias de ILPF, bem como a visita de produtores à

Sistema ajuda produtor rural a fazer recomposição ambiental em qualquer bioma brasileiro

Imagem
Com o objetivo de auxiliar produtores rurais no processo de adequação ambiental da paisagem rural, a Embrapa, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento ( Mapa ), o Ministério do Meio Ambiente ( MMA ) e diversas instituições parceiras desenvolveram uma ferramenta que faz recomendações personalizadas ao produtor rural para recompor a paisagem nativa de sua propriedade. Chamada de WebAmbiente , a ferramenta estará disponível gratuitamente na internet e será lançada quarta-feira (28) às 10h30, no auditório do Ministério da Agricultura. Trata-se de um sistema de informação interativo que contempla o maior banco de dados já produzido no Brasil sobre espécies vegetais nativas e estratégias para recomposição ambiental. A ferramenta engloba todos os biomas brasileiros.  Programa sugere espécies nativas e orientações de preparo Ao acessar o sistema, o interessado tem à disposição o Simulador de Recomposição Ambiental. A ferramenta oferece sugestões de estratégias de recomposição e u

Soja contribui pouco para desmatamento na Amazônia, conclui relatório

Imagem
Por Letycia Bond Fruto de um esforço intersetorial, um relatório , encomendado anualmente pelo Grupo de Trabalho da Soja (GTS), indica que, nos últimos 11 anos, embora a área de semeadura de oleaginosa tenha triplicado, a soja respondeu somente por 1,2% do total desflorestado por corte raso (quando há remoção absoluta da vegetação de um local) na Amazônia. A área de cultivo saltou de 1,14 milhão de hectares (ha) na safra 2006/2007 para 4,48 milhões de hectares durante a safra de 2016/2017, diz o relatório, divulgado nesta quarta-feira (10).  Números da soja na Amazônia mostram equilíbrio entre produção e conservação ambiental, diz o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, ao divulgar relatório sobre o plantio da oleaginosa neste bioma     José Cruz/Agência Brasil O anúncio foi feito em reunião no Ministério do Meio Ambiente, que, ao lado de entidades como a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais, firmou um compromisso proposto em 2006 pela Associação Brasileira das Indústri
E aí, gostou da matéria? A Agroales News tem em sua missão trazer boas informações aos seus leitores. Sinta-se livre para curtir, comentar e compartilhar nas redes sociais! Contribua com PIX! Chave PIX AGROALES: 999e11f7-141b-460e-a5fe-27a2673c20b3