Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Indicação Geográfica

Uma oportunidade chamada Indicação Geográfica

Imagem
Na antiguidade, já havia produtos de qualidade superior associados a um território, a exemplo das tâmaras egípcias e dos vinhos romanos. No século XVII, países europeus elaboraram normas de proteção aplicadas ao queijo Roquefort, na França, e ao vinho do Douro, em Portugal. Isso fundamenta as bases das Indicações Geográficas (IG). Hoje, salames italianos, presuntos espanhóis, vinhos franceses, doces portugueses, azeites gregos, cachaças brasileiras e chás indianos também fazem parte de um mercado que inclui 40 mil produtos com IG em todo o mundo e movimenta bilhões de dólares/ano. No Brasil, o registro de IG teve início em 1996. Atualmente são 51 Indicações de Procedências (IP) e 11 Denominações de Origem (DO). Outras 30 estão em análise no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). Uma IP é o reconhecimento de um local ou região que se tornou notório por produzir ou extrair um produto. Exemplo da carne bovina do Pampa e vinhos moscatéis de Farroupilha (RS), erva-mate de
E aí, gostou da matéria? A Agroales News tem em sua missão trazer boas informações aos seus leitores. Sinta-se livre para curtir, comentar e compartilhar nas redes sociais! Contribua com PIX! Chave PIX AGROALES: 999e11f7-141b-460e-a5fe-27a2673c20b3