Postagens

Mostrando postagens com o rótulo genética bovina

Cientistas decifram relação entre o DNA e a qualidade da carne de Nelore

Imagem
Pesquisadores deram um passo importante no uso da informação genética para melhorar a qualidade da carne e a eficiência alimentar em bovinos da raça Nelore. Eles conseguiram identificar regiões do genoma que controlam a expressão dos genes relacionados a essas características. O avanço permitirá o uso da biotecnologia para realizar melhoramentos com mais precisão no intuito de obter animais com desempenho zootécnico aprimorado e que ofereçam carne de melhor qualidade, características extremamente interessantes para o mercado. A raça Nelore é a mais comum no Brasil e responde por 80% do rebanho bovino nacional. A pesquisadora da Embrapa Pecuária Sudeste (SP) Luciana Regitano faz parte do grupo que desenvolve esses estudos. Segundo ela, a pesquisa conseguiu juntar a informação dos marcadores de DNA com a informação da quantidade de RNA de cada gene no músculo do animal. Essa conexão permitiu elaborar o mapa do genoma do Nelore para identificar as regiões que mais i

Tecnologia coreana inovadora chega ao Brasil para auxiliar na expansão da bovinocultura

Imagem
O controle reprodutivo e sanitário dos rebanhos brasileiros passa a contar com uma nova e avançada tecnologia originária da Coreia do Sul. Sensores inseridos em bio-cápsulas são a tendência do mercado global que chega ao Brasil. A fazenda Santa Rita, localizada no interior de Erval Velho, no meio oeste catarinense, foi a segunda propriedade a ter essa tecnologia no País. Vinte bovinos de corte da raça Red Angus receberam a bio-cápsula e serão permanentemente monitorados tanto pelo produtor quanto pela empresa Live Care, que desenvolveu a tecnologia. O proprietário da fazenda e presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (FAESC) José Zeferino Pedrozo considera que os avanços tecnológicos são excelentes suportes para o desenvolvimento da bovinocultura, assim como de outras cadeias produtivas.    As bio-cápsulas são inseridas por via oral no estômago dos ruminantes e capturam dados de temperatura do corpo, ciclos diários de líquido. “Esses dados são envia

Bezerra clonada potencializa produção de leite

Imagem
O objetivo da clonagem foi criar um bovino resistente ao Cerrado, com qualidade superior na produção de leite A bezerra Acácia é o primeiro clone da raça Gir leiteiro (raça zebuína de origem indiana) desenvolvido pela Embrapa Cerrados. Foram anos de estudos até que os pesquisadores chegassem a um processo de clonagem que resultasse em uma raça com alto potencial para produção leiteira. Assim surgiu Acácia, clone da vaca Calidora, criteriosamente selecionada por sua excelência genética. As semelhanças entre ambas são surpreendentes – chegam a 95% (desde a cor da pelagem até o porte físico). A equipe do Centro de Tecnologias em Raças Zebuínas Leiteiras (Gama/DF), responsável pela clonagem, obteve resultados acima do esperado. Segundo Álvaro Moraes, médico veterinário da Embrapa Cerrados, a bezerra clonada alcançou um peso excelente ainda muito jovem (80 quilos). Sua alimentação é específica para bovinos de raça leiteira cruzados com raças mais precoces. O manejo alimentar é constituído d

Brasil vai exportar embriões bovinos para a Colômbia

Imagem
Por Olga Bardawil* - Repórter da Agência Brasil   O Brasil vai começar a exportar embriões bovinos in vitro para a Colômbia, a partir de um acordo fechado nesta semana entre o Departamento de Saúde Animal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e o Instituto Colombiano Agropecuário. Segundo a coordenadora de Trânsito e Quarentena Animal do ministério, Judi Nóbrega, o Certificado Veterinário Internacional, firmado entre os dois países, foi atualizado para atender a produtores brasileiros e colombianos. Ela lembra que até agosto de 2016, não havia acordo com os países da América do Sul para o comércio de embriões bovinos in vitro , embora houvesse grande interesse do setor. "Demos prioridade às negociações com esse bloco e, desde então, já foram firmados acordos sanitários com os serviços veterinários do Paraguai, da Bolívia, do Uruguai e da Argentina" diz Judi. A coordenadora destaca que a ampliação dos acordos para a exportação de embriões bo
E aí, gostou da matéria? A Agroales News tem em sua missão trazer boas informações aos seus leitores. Sinta-se livre para curtir, comentar e compartilhar nas redes sociais! Contribua com PIX! Chave PIX AGROALES: 999e11f7-141b-460e-a5fe-27a2673c20b3