Postagens

Mostrando postagens com o rótulo uva

Embrapa apresenta primeira cultivar de uva 100% Nordestina

Imagem
  A Embrapa Semiárido (Petrolina, PE) apresenta a cultivar de uva de mesa BRS Tainá, a primeira totalmente desenvolvida no Nordeste Brasileiro. Voltada para a produção no polo de fruticultura irrigada do Vale do São Francisco, a uva exibe coloração branca, sabor neutro e agradável, além de ser uma variedade sem semente, uma das mais importantes características exigidas pelo mercado. A nova cultivar será apresentada no dia 21 de outubro, às 19h30, em Dia de Campo online transmitido pelo canal da Embrapa no Youtube . O evento é aberto ao público e contará com a palestra da pesquisadora Patrícia Coelho de Souza Leão, responsável pela condução dos trabalhos de melhoramento de uva na região.  Também contará com o depoimento de produtores que têm áreas experimentais da uva em suas propriedades. Proveniente do cruzamento realizado em 2004 entre as cultivares internacionais Sugraone e Marroo Seedless, que fazem  parte  do Banco Ativo de Germoplasma da Embrapa Semiárido, a BRS

Produtores e especialistas celebram a qualidade das uvas colhidas na safra de inverno

Imagem
  Vitivinicultores das regiões Sudeste e Centro-Oeste do Brasil comemoram a melhor safra em qualidade desde o início da produção dos vinhos finos de inverno. As uvas colhidas em 2020, alcançaram alto nível de sanidade, acúmulo de açúcares, equilíbrio de acidez e concentração de antocianinas e taninos, compostos responsáveis pela cor e estrutura do vinho. As condições climáticas, que tanto têm afetado o desenvolvimento de outras culturas, foram essenciais para esse desempenho, como explica a enóloga Isabela Peregrino, da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG). “O principal fator a contribuir para a qualidade especial da safra 2020 foi a longa estiagem deste inverno. De maneira geral, o manejo da videira em dupla poda, com a colheita das uvas no inverno, já se beneficia dessa característica climática presente no Sudeste e Centro-Oeste do Brasil. Contudo, neste ano, a estiagem começou mais cedo, em abril, e seguiu firme por todos os meses até o fina

Eventos virtuais marcam os 45 anos da Embrapa Uva e Vinho

Imagem
  Ocorre na próxima quarta-feira, 26 de agosto, a cerimônia de aniversário dos 45 anos da Embrapa Uva e Vinho, uma das 43 unidades descentralizadas da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O evento terá início às 15h30min e será transmitido no canal da Embrapa no Youtube . Com a participação de Celso Moretti, presidente da Embrapa, a live será um momento de resgate das principais contribuições da unidade de pesquisa, contemplando a participação de diferentes atores das cadeias produtivas com as quais a ela interage. Na oportunidade também serão anunciadas novas parcerias e acontecerá o lançamento da página alusiva aos 45 anos e de um Brandy comemorativo. Além da cerimônia, o aniversário será marcado pelo lançamento de uma série de palestras técnicas e institucionais, abordando temas importantes da vitivinicultura e da fruticultura de clima temperado, que serão divulgadas no canal da Embrapa no Yo

Cultivares de uvas produtivas e adaptadas à Região Sul são lançadas pela Embrapa

Imagem
A Embrapa Uva e Vinho lançou duas novas cultivares de uva: a BRS Melodia , uva rosada de mesa sem sementes, e a BRS Bibiana , uva para elaboração de vinho branco, com alto grau de açúcar, resistente a doenças e alta produtividade, chegando a 25 toneladas por hectare. Ambas cultivares são adaptadas ao clima temperado do sul do País e demandam menor quantidade de insumos para o controle de doenças quando comparadas a outras cultivares com a mesma finalidade. Além dessas duas novidades, a Embrapa apresentou as recomendações de cultivo na Serra Gaúcha das cultivares de uva de mesa sem sementes BRS Isis e BRS Vitória, que foram desenvolvidas inicialmente para produção em regiões de clima tropical, com destaque para o Vale do São Francisco (PE/BA). Na Serra Gaúcha, a principal recomendação para as três cultivares de mesa, BRS Isis, BRS Vitória e BRS Melodia, é o cultivo sob cobertura plástica. Para Mauro Zanus, chefe-geral da Embrapa Uva e Vinho, “esses dois lançamento

UVA: Vinho brasileiro ganha espaço no mercado internacional

Imagem
As exportações de vinho brasileiro vêm crescendo neste ano, impulsionadas por maiores iniciativas de promoção da bebida nacional no mercado externo, segundo o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin). Além disso, conforme pesquisadores do Cepea, as exportações brasileiras também foram impulsionadas pela maior demanda por espumantes. De acordo com a Secex, entre janeiro e agosto deste ano, o Brasil embarcou 2,8 milhões de litros da bebida, aumento de 53% frente ao mesmo período de 2017. A receita obtida com essas vendas, por sua vez, somou US$ 6 milhões (FOB). Dentre os principais destinos do vinho brasileiro estão Paraguai, Estados Unidos e Reino Unido. Para os próximos anos, a perspectiva é de crescimento para o setor, visto que a safra gaúcha deste ano vem apresentando boa qualidade, a produtividade aumentou em 2017 e também devido a projetos de incentivo ao consumo da bebida nos mercados nacional e internacional. Vale lembrar, ainda, que a produção de espumantes do

Mapa atualiza padrões de vinho, uva e derivados

Imagem
Foi publicada no Diário Oficial da União a Instrução Normativa IN 14/201 8 que atualiza os Padrões de Identidade e Qualidade (PIQ) dos vinhos e derivados da uva e do vinho, incluindo padrões do suco de uva, polpa de uva, vinagre balsâmico e alcoólico composto. A IN foi elaborada pelo Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal (DIPOV), do Ministério da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento (MAPA). A publicação estabelece novos parâmetros analíticos e sensoriais e apresentam inovações quanto a novos produtos. “É o caso dos vinhos conhecidos por “nobres”. Este é um novo produto, cuja graduação alcoólica natural ultrapassa o disposto na legislação de vinho fino, graças às técnicas de manejo desenvolvidas pelo setor no País”, explicou Helder Borges, Coordenador-Geral de Vinhos e Bebidas do DIPOV. A IN prevê também a exigência de boas práticas no transporte da matéria prima (uva) para evitar contaminação. Segundo Borges, o setor produtivo acompanhou e discutiu amplamente a l
E aí, gostou da matéria? A Agroales News tem em sua missão trazer boas informações aos seus leitores. Sinta-se livre para curtir, comentar e compartilhar nas redes sociais! Contribua com PIX! Chave PIX AGROALES: 999e11f7-141b-460e-a5fe-27a2673c20b3