Postagens

Mostrando postagens com o rótulo viveiro

Mudas de clones de seringueira selecionados pela Embrapa estarão disponíveis aos heveicultores em 2022

Imagem
  Os viveiristas Cynira e Walter José Geromel, de Valentim Gentil (SP), recebendo as hastes dos clones de seringueira selecionados pela Embrapa - Foto: Breno Lobato Viveiristas interessados em produzir mudas dos clones de seringueira selecionados pela Embrapa Cerrados para o Centro-Oeste do Brasil estiveram no centro de pesquisas em dezembro de 2021 para retirar os lotes de hastes para enxertia adquiridos em oferta pública da Embrapa. De olho no aquecimento do mercado interno de borracha natural, eles apostam na produtividade superior dos materiais. Osmair Leite e Carlos Henrique Camargo, proprietários do Viveiro Goianésia, de Goianésia (GO), adquiriram lotes de 10 dos 14 clones recomendados pela pesquisa para a região. O viveiro, que produziu 220 mil mudas no ano passado, abastece produtores de Tocantins, Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Bahia. Leite trabalhou numa das fazendas que participaram dos testes de seleção dos clones e acompanhou os plantios dos ex

Emater-MG cria catálogo de viveiros de mudas na cidade de Dona Euzébia

Imagem
Viveiro de mudas em Dona Euzébia - MG   A produção de mudas é o carro-chefe da economia em Dona Euzébia, na Zona da Mata. O município é o maior fornecedor de Minas Gerais, com centenas de agricultores que investem na produção e comercialização de mudas frutíferas, ornamentais e florestais. Somente a safra de mudas de citros registra quatro milhões de unidades por ano. Com o surgimento da pandemia em 2020, a circulação de pessoas diminuiu e a visita de consumidores aos viveiristas ficou prejudicada. Pensando nisso, a Emater-MG criou um catálogo eletrônico dos viveiros que pudesse ser disponibilizado aos compradores interessados. “Com o catálogo, o consumidor, seja ele agricultor, florista, decorador ou qualquer outro tipo de profissional que adquira mudas para realização de seu trabalho, poderá entrar em contato direto com os viveiristas e adquirir mudas de qualidades, variadas e que atendam a necessidade de cada um, de forma rápida e prática”, explica o engenheiro agrônom

APTA realiza primeiro diagnóstico sobre produção de mudas de seringueira em bancada suspensa

Imagem
Por Assessoria de Comunicação da Apta A Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (SAA), lançou o primeiro diagnóstico de viveiros suspensos de mudas de seringueira no Estado. A pesquisa mostra que é um sistema viável para os produtores de mudas suspensas, por atender à Resolução 23 da SAA, além de proporcionar mudas com elevado desempenho no campo, comparadas às produzidas no chão, e beneficiar a sanidade e rastreabilidade genética do sistema. Os pesquisadores do Polo Regional de Colina da APTA, Elaine Cristine Piffer Gonçalves, e do Polo Regional de Pindorama da APTA, Antonio Lúcio Mello Martins, o presidente da Câmara Setorial de Borracha do Estado de São Paulo, Luciano Della Nina, o engenheiro agrônomo da Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), Paulo Fernando de Brito, e o técnico da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), Carlos Alberto De Luca entrevistaram 20 produtores de mudas d
E aí, gostou da matéria? A Agroales News tem em sua missão trazer boas informações aos seus leitores. Sinta-se livre para curtir, comentar e compartilhar nas redes sociais! Contribua com PIX! Chave PIX AGROALES: 999e11f7-141b-460e-a5fe-27a2673c20b3