Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Economia

Exportações de milho no primeiro semestre crescem 85,7% em relação ao mesmo período de 2021

Imagem
  Entre janeiro e julho de 2022, foi observado um crescimento de 85,7% no comparativo do volume acumulado das vendas externas de milho no mesmo período do ano anterior. A informação foi divulgada, nesta sexta-feira (19), na edição de agosto do Boletim Logístico da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) . O movimento está relacionado à dificuldade da China em internalizar as cerca de 10 milhões de toneladas do grão que normalmente eram trazidas da Ucrânia, além da incidência de pragas nas lavouras que o país asiático tem enfrentado. Além disso, em razão de intempéries climáticas, as estimativas de produção de milho na Europa foram reduzidas em quase cinco milhões de toneladas, indicando que a demanda pelo produto do Brasil deverá aumentar. Desta forma, estima-se que os preços do milho deverão subir tanto no mercado doméstico quanto no internacional. No caso da soja, as exportações brasileiras atingiram 60,54 milhões de toneladas, uma queda de 8,5% em comparação aos 6

Nova estimativa de cana-de açúcar traz produção de 572,9 milhões de toneladas

Imagem
  A produtividade da atual safra de cana-de-açúcar começa a mostrar recuperação, após dois ciclos de adversidades climáticas. O aumento de 1,6% na média nacional no rendimento das lavouras do país é um contraponto para a redução de 2,6% na área de cultivo. Com isso, a produção deve chegar a 572,9 milhões de toneladas de cana, uma ligeira queda de 1% se comparada com o ciclo anterior, como indica o segundo levantamento da safra 2022/23 divulgado nesta sexta-feira (19) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Se na temporada 2020/21 o desenvolvimento da cultura foi influenciado pela falta de chuvas e no ciclo 2021/22, além da estiagem, foram registradas fortes geadas em importantes regiões produtoras, na safra 2022/23 as condições climáticas foram mais favoráveis. De acordo com o documento, os agricultores deverão colher nesta safra 70.484 quilos por hectares colhidos. No ciclo de 2021/22, a produtividade esteve estimada em 69.355 quilos por hectare. Já em 2020/21

Estimativa da Conab aponta recorde para milho 2ª safra com produção superior a 87 milhões de toneladas

Imagem
  Os produtores de milho deverão colher na segunda safra do cereal 87,4 milhões de toneladas na temporada 2021/22, como aponta o 11º Levantamento da Safra de Grãos divulgado nesta quinta-feira (11) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Com o bom desempenho das lavouras, a estimativa da Companhia para a produção total de grãos para esta temporada está em 271,4 milhões de toneladas, acréscimo de 6,2% ao colhido em 2020/21, ou seja, 15,9 milhões de toneladas. A colheita do milho segunda safra segue avançando e ultrapassa 79% da área plantada, como indica o Progresso de Safra publicado pela estatal nesta semana. Se confirmado, o volume estimado para a segunda safra de milho este valor representa a maior produção registrada na série histórica. O número já considera a redução de produtividade, quando comparado com o levantamento anterior, devido ao impacto da falta de chuva e ataques de pragas em importantes regiões produtoras, como o Paraná. Em relação ao ciclo ant

Sistema de Recadastramento Nacional dos Pescadores Profissionais passa por novas alterações

Imagem
A Secretaria de Aquicultura e Pesca do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SAP/Mapa) criou no início de julho uma força-tarefa composta de 107 servidores para agilizar a análise dos requerimentos de recadastramento de pescadores no novo Sistema Informatizado de Registro da Atividade Pesqueira (SisRGP 4.0). O objetivo é analisar até 65 mil pedidos de atualização cadastral em todo o país. A análise dos requerimentos de Licença Inicial é de competência das Superintendências Federais de Agricultura nos estados, mas a SAP está auxiliando no processo de análises para garantir celeridade e redução no tempo de espera de recadastramento no sistema. O SisRGP 4.0 também teve o horário de funcionamento ampliado, e irá operar das 7h às 22h todos os dias, incluindo sábados, domingos e feriados. Segundo a SAP/Mapa, com essas mudanças, os usuários terão mais flexibilidade para efetuar seu recadastramento, bem como efetuar qualquer um dos demais requerimentos feitos por meio do SisR

Programa Terra Brasil libera mais de R$ 58 milhões para trabalhadores rurais em 2022

Imagem
Foram liberados, de janeiro a junho deste ano, por meio do Terra Brasil - Programa Nacional de Crédito Fundiário (Terra Brasil – PNCF) R$ 58,99 milhões dos recursos do Fundo de Terras e da Reforma Agrária. Das 529 operações analisadas nesse período pelo Departamento de Gestão do Crédito Fundiário (Decred) da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SAF/ Mapa), 62,4% foram na região Nordeste; 14,4% no Sul; 13,4% no Sudeste e 9,6% no Centro-Oeste. A previsão é que o programa beneficie mais 400 agricultores no acesso à terra até o final de 2022. O Terra Brasil – PNCF é um conjunto de ações e projetos, complementares à reforma agrária, que oferece condições para que os agricultores sem acesso à terra ou com pouca terra possam comprar imóvel rural por meio de um financiamento de crédito rural, oriundo dos recursos do Fundo de Terras e da Reforma Agrária, e aos investimentos básicos e integrado pelo Subprograma de Combate à

Exportação de pescados dobra no primeiro semestre de 2022

Imagem
A exportação de produtos da piscicultura brasileira cresceu 100% nos primeiros seis meses de 2022 em comparação ao mesmo período do ano anterior. É o que mostra Informativo de Comércio Exterior da Piscicultura , feito pela Embrapa Pesca e Aquicultura em parceria com a Associação Brasileira de Piscicultura (Peixe BR). No total, foram US$ 14,3 milhões em vendas externas e 4.931 toneladas. O crescimento, em valor, é resultado da venda de produtos piscícolas de maior valor agregado, como os filés congelados, com alta de mais de 500% em valor e toneladas. De acordo com a Secretaria de Pesca e Aquicultura, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o crescimento exponencial das exportações brasileiras ocorre por diversos fatores, como a desburocratização, a evolução no manejo, a melhoria genética e tecnificação do cultivo de peixes. Assim como a profissionalização da cadeia produtiva e o crescimento de crédito de fomento para atividade. Outro ponto é a realização de açõe

Cafeicultores já podem acessar financiamentos do Funcafé

Imagem
Os cafeicultores já podem acessar as linhas de financiamentos do Funcafé (Fundo de Defesa da Economia Cafeeira) em 12 instituições financeiras. Os extratos das contratações estão publicados no Diário Oficial da União (DOU). São elas: Banco Ribeirão Preto, Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais-BDMG, Banco Inter, Bradesco, e as Cooperativas de Crédito: Central Cresol, Credinter, Agrocredi, Credicarpa, Credialp, Credicarmo, Credivar, e Central de Crédito do Espírito Santo Conforme o Departamento de Comercialização e Abastecimento do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, as assinaturas dos contratos com as demais instituições ocorrem de forma célere para disponibilizar com agilidade os recursos do Funcafé no mês de julho. As linhas de crédito disponíveis são destinadas para os financiamentos dos tratos culturais da lavoura, armazenagem, comercialização e aquisição do produto, capital de giro para indústrias e cooperativas de produção, e ainda para recuperação de cafezais

AgroResidência abre primeiro edital para seleção de projetos da aquicultura

Imagem
Está aberto o primeiro edital de chamamento público , no âmbito do AgroResidência – Programa de Residência Profissional Agrícola, destinado à seleção de propostas de projeto de residência profissional agrícola para atuação específica junto à cadeia de aquicultura. A iniciativa é coordenada em conjunto pelas secretarias de Agricultura Familiar e Cooperativismo (SAF) e de Aquicultura e Pesca (SAP) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O Programa AgroResidência destina-se à qualificação de jovens estudantes e recém-egressos dos cursos de ciências agrárias e afins, apoiando projetos de residência elaborados e coordenados por instituições de ensino de todo o país, voltadas para a qualificação técnica dos estudantes, favorecendo a inserção desses profissionais no mercado de trabalho e assim, contribuindo para o desenvolvimento da agricultura brasileira. As instituições de ensino, vinculadas à Administração Pública Federal, poderão enviar as propostas à Comissão de Se

Produtores não precisam mais informar prazo de validade em vegetais frescos embalados

Imagem
Foi publicada a Portaria nº 458 que dispensa a obrigatoriedade da indicação do prazo de validade em vegetais frescos embalados. A norma altera a Instrução Normativa nº 69/2018 e entra em conformidade com a Resolução RDC nº 259/2002 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que já previa a dispensa dessa informação. O secretário de Defesa Agropecuária do Mapa, José Guilherme Leal, explica que a medida é importante no combate ao desperdício de alimentos, pois anualmente toneladas de frutas são perdidas no Brasil em razão da expiração do prazo de validade, sem que, no entanto, estejam impróprias para o consumo. “A validade afixada nas embalagens não guardava relação com a qualidade do produto, uma vez que o próprio consumidor é capaz de observar se um produto hortícola está apto ou não ao consumo apenas pelo aspecto visual”, disse Leal. Ao comprar vegetais frescos, o consumidor consegue identificar se estão podres, murchos ou com odor, ou seja, se não estão bons para consum

Teresópolis recebe título de Capital Nacional do Lúpulo

Imagem
  O município de Teresópolis, no estado do Rio de Janeiro, recebeu o título de Capital Nacional do Lúpulo, com a publicação da Lei nº 14.414/2022 no Diário Oficial da União. Situada na Serra Fluminense, a 75 quilômetros da capital, Teresópolis também teve o primeiro viveiro para produção de mudas de lúpulo no Brasil com certificação de origem reconhecido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Com um clima tropical de altitude e, por vezes, subtropical, a cidade tem ambiente propício para o desenvolvimento de culturas como a do lúpulo, planta originária do Hemisfério Norte, onde a baixa temperatura e a incidência solar são fundamentais ao cultivo.  O cultivo de lúpulo no Brasil está em desenvolvimento e tem grande potencial, em razão das boas condições de clima, solo e da grande extensão territorial. Em 2021, foram produzidas 12.356 toneladas de lúpulo no país. Neste ano, a produção já soma 5.656 toneladas, segundo levantamento da Associação Bra

Novas normas fortalecem a CPR como instrumento de financiamento ao agronegócio

Imagem
  Com o objetivo de aprimorar dispositivos que normatizavam a Cédula de Produto Rural (CPR), foi sancionada, nessa quarta-feira (20), a Lei Nº 14.421/2022 . Um desses aprimoramentos foi a ampliação do conceito de produto rural, de forma a permitir a captação de recursos tanto para projetos de conservação e preservação ambiental (CPR Verde), quanto para financiar outros elos da cadeia produtiva (fornecedores de insumos e equipamentos e processadores). Também foram aprimorados os dispositivos que tratam do registro de garantias e os procedimentos e prazo para o registro dos títulos. A atual lei é resultado da conversão da Medida Provisória (MP) nº 1.104/2022. O texto original da MP contemplava alterações pontuais em dispositivos das leis nº 8.929/1994, que instituiu a Cédula de Produto Rural, e a 13.986/2020, conhecida como Lei do Agro. Na primeira lei, o propósito era disciplinar os procedimentos para a assinatura eletrônica da CPR e no documento à parte com a descriçã

Como ficará o Brasil na ‘nova globalização’, por Roberto Rodrigues

Imagem
Um dos mais complexos debates resultantes da pandemia da Covid-19 e mais da invasão da Ucrânia pela Rússia é a especulação sobre o que vai acontecer com a globalização da economia. Muitas cadeias globais tiveram problemas com fornecimento de insumos ou componentes essenciais, levando seus responsáveis a repensar a forma de produção, até mesmo em voltar a produzi-los no país da matriz, de maneira a garantir a integridade do produto final. Outra questão que domina discussões pelo mundo afora é a segurança alimentar, em pelo menos duas vertentes: a primeira é a redução de dependência externa de alimentos. Países que são grandes importadores já começam a procurar novos fornecedores ou, mesmo, buscam aumentar sua própria capacidade produtiva. Em nome da segurança alimentar, algumas regras têm sido desconsideradas. Exemplo mais recente é a da possibilidade de países europeus permitirem a seus agricultores o plantio nas áreas em pousio. Em nome da defesa do meio ambiente, pousi

Brasil exporta volume recorde de carne bovina para março

Imagem
  O Brasil exportou em março um volume recorde de carne bovina para o mês de 203.5 mil toneladas, 28% acima ao embarcado no mesmo período do ano passado, informou a Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo). A receita também foi recorde para o mês, chegando a US$ 1.1 bilhão, com alta de 57% na comparação anual. No primeiro trimestre, as exportações de carne bovina brasileira somaram 545.75 mil toneladas, com aumento de 33%. A receita subiu 60% para US$ 2.9 bilhões. “A China continua liderando as importações, com um total de 188.2 mil toneladas nos primeiros três meses do ano (+30,6% em relação a 2021)”, informou a Abrafrigo em nota. Os Estados Unidos foram o segundo maior importador, com 69.8 mil toneladas (+395%), seguido de Egito, com 47.7 mil toneladas (+262%) e Hong Kong, com 29.6 mil toneladas (-49%). Outros destaques foram Chile, com 18.7 mil toneladas (+2,6%), Israel com 14.7 mil toneladas (+44,4%), Emirados Árabes Unidos com 13 mil toneladas, Filipinas co

Alta de custos e pequena demanda reduzem lucro do produtor, mesmo com o leite valorizado

Imagem
  O cenário para o setor de lácteos no Brasil está mais desafiador atualmente do que no início da pandemia da Covid-19, há dois anos, avaliou a pesquisadora da Área de Leite do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea-Esalq/USP), Natália Grigol. Em entrevista ao Broadcast Agro, ela explicou que a cadeia produtiva passa por uma fase complicada, influenciada por custos de produção elevados, dificuldade de repasse de preços para o consumidor e demanda reduzida. Nem mesmo com o preço do litro do leite pago ao produtor batendo recordes, a situação fica melhor para o pecuarista. No início da pandemia, em março de 2021, o Brasil vinha de dois anos de um cenário menos crítico. Natália lembrou que houve, inclusive, injeção de dinheiro na economia, com o pagamento do auxílio emergencial. “Tínhamos maneiras de assegurar o consumo de lácteos pela população, mas não é o que está acontecendo hoje”, disse. O Cepea observa uma dificuldade dos consumidores em absorver o efe

Soja brasileira da safra 2021/22 está 55% comercializada

Imagem
  Levantamento realizado pela consultoria Datagro mostra que a comercialização da safra 2021/22 da soja brasileira registrou um bom avanço em março, atingindo 55% da produção estimada até o dia 1º de abril. Mesmo assim, permaneceu abaixo dos 71,5% do recorde da safra 2019/20 e também da média de 58,60% dos últimos cinco anos. Os negócios andaram melhor do que em janeiro e fevereiro. Houve um aumento mensal de 9%, superior ao mês anterior, quando foi registrado um avanço de 6,90%, ficando também acima do padrão normal de evolução para o período, de 8,20%. “O movimento foi beneficiado pela nova alta generalizada dos preços em março”, indicou Flávio Roberto de França Junior, coordenador de Grãos da Datagro. Considerando a estimativa atual da safra 2021/22, revisada para 125.11 milhões de toneladas, os sojicultores brasileiros negociaram, até a data analisada, 68.81 milhões de toneladas. No mesmo período do ano passado, o volume negociado era muito maior em termos relativos

O difícil caminho para importar fertilizante russo

Imagem
  Pouco mais de um mês depois do início da guerra na Ucrânia e da divulgação de sanções que amarram o sistema financeiro e outros agentes econômicos da Rússia, importadores de fertilizantes têm conseguido realizar os pagamentos a partir do Brasil, mas o caminho está mais tortuoso. O imbróglio internacional se reflete no fechamento de operações de câmbio, que atualmente estão mais demoradas do que o normal, e também mais caras. Se antes do conflito essas operações custavam perto de zero para um importador de grandes volumes, hoje chegam à faixa entre 0,20% a 0,50% do custo total dessas compras, apurou o Valor. Uma importação de adubos movimenta alguns milhões de dólares. “O custo da operação financeira não escalou como o preço do próprio fertilizante, mas (a variação) dói no bolso”, disse um agente do mercado financeiro. Para se ter ideia dos efeitos da guerra sobre os preços de adubos, a escalada chega perto de 40% sobre a tonelada adquirida no mercado internacional, inf

Fertilizantes: projeto da Embrapa estima economia de US$ 1 bilhão para os produtores

Imagem
  A aplicação mais eficiente de fertilizantes pode proporcionar uma economia de até US$ 1 bilhão nos custos diretos para o produtor rural na safra 2022/23, disse o presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Celso Moretti. “Vamos buscar aumento de até 10% na eficiência do uso de fertilizantes até o final do plantio desta safra”, afirmou o executivo durante a apresentação técnica e virtual do projeto Caravana Embrapa FertBrasil. Num horizonte maior, a economia pode ser de até US$ 2 bilhões por safra, segundo o pesquisador José Carlos Polidoro, da Embrapa Solos. A Caravana vai visitar cerca de 40 cidades em dez macrorregiões: Mato Grosso do Sul e São Paulo; Rio Grande do Sul e Santa Catarina; Paraná; Minas Gerais; Mato Grosso e Rondônia; Goiás e Distrito Federal; Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia); Amazônia; Sealba (Sergipe, Alagoas e Bahia) e Rio de Janeiro. Boas práticas Segundo Moretti, serão envolvidos no projeto perto de 20.000 pr

Governo aprova plano de R$ 2.9 milhões para expandir produção de trigo no Cerrado

Imagem
  Num momento em que se discute segurança alimentar após a guerra da Ucrânia reduzir a oferta mundial de trigo, a Embrapa conseguiu que o Ministério da Agricultura aprovasse seu plano de expansão da produção de trigo no Cerrado brasileiro. Os recursos previstos de R$ 2.9 milhões deverão fomentar ações nesse sentido nos próximos 36 meses. O plano tem por objetivo aumentar a área de cultivo em 40% até 2025, de 252.000 hectares em 2021, para 353.000 hectares; capacitar 70 assistentes técnicos; produzir 1.760 toneladas de sementes no período; e apoiar 22 dias de campo, 36 unidades demonstrativas, 22 lavouras expositivas e 143 visitas técnicas, além de fóruns e reuniões de pesquisas. Segundo informações da Embrapa, as ações de pesquisa e transferência de tecnologia atingirão os estados de São Paulo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia, além do Distrito Federal. Chamado de Termo de Execução Descentralizada – ou TED do Trigo Tropical, o plano foi constru

Governo zera imposto de importação de açúcar e etanol; impacto na gasolina chega a R$ 0,20

Imagem
  O governo anunciou na segunda-feira (28/03/2022) que decidiu zerar, até o fim deste ano, o imposto de importação sobre o café, a margarina, o queijo, o macarrão, o óleo de soja e o açúcar. Também foi zerado o imposto de importação do etanol, que é misturado na gasolina e, também, vendido separadamente. O objetivo é ajudar na queda da inflação, cujo índice acumulado em 12 meses ultrapassa 10%. Segundo o governo, a redução do imposto sobre o etanol ajudará na queda do preço da gasolina, já que o combustível vendido no posto precisa estar misturado com o produto. Cada litro de gasolina precisa ter pelo menos 25% de etanol, conforme a legislação brasileira. O governo calcula que zerar a alíquota do etanol vai fazer o preço da gasolina cair R$ 0,20 na bomba. “Nós temos uma estimativa que isso poderia levar a uma redução do preço da gasolina da ordem de 20 centavos na bomba. Isso é uma análise estática. Na prática, essa medida vai acabar arrefecendo a dinâmica de crescimento

Seis produtos da agricultura familiar terão bônus de desconto do PGPAF em abril

Imagem
  O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulgou nesta sexta-feira (08) a relação dos produtos agrícolas com bônus de desconto em abril para agentes financeiros operadores do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).  A lista com os produtos e os estados contemplados pelo Programa de Garantia de Preços para Agricultura Familiar (PGPAF) tem validade para o período de 10 de abril a 9 de maio deste ano, conforme a  Portaria Nº 27 , da Secretaria de Política Agrícola. Os produtos com bônus de desconto nas operações e parcelas de crédito rural são: açaí (fruto de cultivo), banana, cacau cultivado (amêndoa), feijão caupi, juta/malva embonecada e maracujá. Os estados que integram a lista deste mês são: Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Ceará, Pernambuco, Tocantins, Maranhão e Mato Grosso. O recebimento de bônus do PGPAF ocorre quando o valor de mercado de algum dos produtos do programa fica abaixo do preço de referência, permiti
E aí, gostou da matéria? A Agroales News tem em sua missão trazer boas informações aos seus leitores. Sinta-se livre para curtir, comentar e compartilhar nas redes sociais! Contribua com PIX! Chave PIX AGROALES: 999e11f7-141b-460e-a5fe-27a2673c20b3