Postagens

Mostrando postagens com o rótulo MIP

Pesquisadores fazem lançamento on-line de publicação sobre controle biológico

Imagem
  O público interessado em um dos temas mais discutidos na agricultura mundial, métodos e resultados de pesquisa sobre como fazer o controle biológico das diferentes pragas agrícolas, agora já tem onde buscar respostas para o assunto. A  Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia  lança, em comemoração ao seu  46º aniversário , no canal da Embrapa no YouTube, uma das mais completas publicações nessa linha de pesquisa, reunindo os melhores especialistas da área, sob o título  Controle Biológico de Pragas da Agricultura . A publicação tem 16 capítulos abordando subtítulos com riquíssimas informações e relatos de resultados já alcançados nesse tema, tendo como editoras técnicas as pesquisadoras Eliana Fontes e Maria Cléria Valadares Inglis. O livro é um estímulo para o avanço da sustentabilidade da agricultura tropical, tendo autores não só da Embrapa, mas também de universidades e instituições parceiras.  “Procuramos descrever de forma didática os fundamentos e conhecimen

Embrapa publica guia para identificação de inimigos naturais em cultivos de hortaliças

Imagem
Para auxiliar produtores na implementação do manejo integrado de pragas (MIP) em suas propriedades rurais, com foco no controle biológico, pesquisadores da Embrapa reuniram em uma publicação, no formato de guia de campo, uma lista com fotos e informações descritivas dos principais inimigos naturais encontrados em lavouras de hortaliças como espécies de besouros, moscas e ácaros predadores, percevejos e vespas parasitoides. A identificação correta dos inimigos naturais é o ponto de partida para um controle biológico eficaz, um dos pilares de sustentação do MIP. “A proposta do guia é auxiliar agricultores , profissionais da assistência técnica e da extensão rural, consultores e estudantes da área de Ciências Agrárias, no reconhecimento dos inimigos naturais comumente encontrados em cultivos de hortaliças”, explica o pesquisador Miguel Michereff Filho, da área de Entomologia da Embrapa Hortaliças (Brasília, DF). Intitulado “Guia para Identificação de Inimigos Naturais em Cultivos

Controle biológico de pragas é alternativa para reduzir custos de produção na agricultura

Imagem
Uma primeira edição do curso sobre controle biológico de pragas (conheça os bioinseticidas lançados recentemente pela Embrapa durante o aniversário da Empresa ) foi realizado na Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas, MG) na primeira quinzena de abril, reunindo 60 participantes de diversas instituições brasileiras de ensino, pesquisa, extensão e do setor privado. O chefe-geral Antônio Álvaro Corsetti Purcino destacou que a Embrapa pode apresentar soluções altamente eficientes para diminuir os custos de produção das culturas agrícolas por meio do uso de insumos biológicos. "Os custos da agricultura estão cada vez mais altos e temos um conhecimento acumulado ao longo dos últimos 30 anos que pode ajudar a mudar esse cenário", destacou. Antônio Álvaro também reconheceu a atuação dos dois pesquisadores que atuaram como palestrantes: Fernando Hercos Valicente e Ivan Cruz. "São dois profissionais com mais de 40 anos de experiência que são referência no tema. Esperamos que o con

Projeto vai promover manejo integrado de pragas na produção de hortaliças do Distrito Federal

Imagem
Para alcançar o objetivo de incentivar a adoção do manejo integrado de pragas (MIP) junto aos produtores rurais e profissionais da assistência técnica e extensão rural do Distrito Federal, um projeto executado pela Embrapa Hortaliças (Brasília, DF) pretende confeccionar cartilhas sobre controle de pragas e guias de bolso para facilitar a identificação de pragas e de seus inimigos naturais em cultivos de quatro espécies de hortaliças: tomate, pimentão, morango e alface. “A proposta será usar os guias e as cartilhas em treinamentos de técnicos para que eles divulguem as tecnologias relacionadas ao manejo integrado de pragas, principalmente com foco no controle biológico”, explica o pesquisador Miguel Michereff Filho ao contar que o objetivo maior será contribuir para a racionalização do uso de agrotóxicos e para a produção de alimentos de alta qualidade nutricional e totalmente seguros para a saúde humana. O controle químico, segundo ele, é a principal medida adotada pelos produtores
E aí, gostou da matéria? A Agroales News tem em sua missão trazer boas informações aos seus leitores. Sinta-se livre para curtir, comentar e compartilhar nas redes sociais! Contribua com PIX! Chave PIX AGROALES: 999e11f7-141b-460e-a5fe-27a2673c20b3