Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Febre Aftosa

Acre recebe reconhecimento internacional de área livre de aftosa

Imagem
Foto: Bruno Pena Carvalho   O rebanho bovino no Estado do Acre recebeu o reconhecimento internacional de área livre de aftosa sem vacinação concedido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). A notícia foi dada através de uma live com participação da Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e parlamentares dos estados do Acre, Paraná, Rio Grande do Sul, Rondônia, Amazonas e do Mato Grosso, estados que também obtiveram o mesmo reconhecimento no dia 27 de maio de 2021. No Acre, o rebanho não precisa mais ser vacinado contra a doença desde setembro de 2020, quando entrou em vigor a instrução normativa editada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) que reconhece essas áreas como livres de febre aftosa sem vacinação. Para que a área seja livre de aftosa é necessário que haja um sistema de vigilância robusto. A Embrapa Acre, em parceria com o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf), estruturou o banco de dados deve informações sobr

Começou no dia 1 de novembro a segunda etapa da vacinação contra a febre aftosa em Minas Gerais

Imagem
Começou no dia 1 de novembro a segunda etapa anual de vacinação contra a febre aftosa em todo o território mineiro. Deverão ser vacinados bovinos e bubalinos com idade de zero a 24 meses. O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), vinculado à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), é responsável pelo gerenciamento e fiscalização da campanha junto aos produtores rurais. Nesta etapa, a expectativa é que sejam imunizados cerca de 10 milhões de animais em todo o estado com o objetivo de preservar a sanidade dos rebanhos e manter o compromisso com o agronegócio de Minas. A campanha vai até 30 de novembro. Para mais segurança e comodidade em razão do enfrentamento da Covid-19, o produtor pode comprovar a vacinação dos animais usando o formato eletrônico de declaração disponível em www.ima.mg.gov.br ou, caso tenha cadastro, acessando o Portal de Serviços do Produtor. Uma outra opção será o envio da declaração para o e-mail da unidade do IMA responsável pela juri

Acre livre de aftosa: Gestão da informação sobre rebanho contribuiu para reconhecimento como área livre da doença

Imagem
  No dia 1º de setembro entra em vigor a instrução normativa editada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) que reconhece os estados do Acre, Paraná, Rio Grande do Sul, Rondônia e parte dos territórios do Amazonas e Mato Grosso como livres de febre aftosa sem vacinação. No Acre, a parceria entre a Embrapa e o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf) permitiu organizar as informações sobre o rebanho bovino de 3,4 milhões de cabeças e os dados sistematizados subsidiaram a emissão de relatórios enviados ao Mapa, requisito para o processo. “Foi possível identificar que 95,2% das propriedades rurais do Estado possuem até 500 cabeças de gado. São 22.070 pequenas e médias unidades produtivas que concentram 1,9 milhão de cabeças de gado, quantitativo que representa 56% do rebanho do Acre”, afirma Judson Valentim, pesquisador da Embrapa Acre. O conhecimento detalhado dos dados sobre a evolução e movimentação dos rebanhos pecuários do Acre tam
E aí, gostou da matéria? A Agroales News tem em sua missão trazer boas informações aos seus leitores. Sinta-se livre para curtir, comentar e compartilhar nas redes sociais! Contribua com PIX! Chave PIX AGROALES: 999e11f7-141b-460e-a5fe-27a2673c20b3