Postagens

Mostrando postagens com o rótulo defesa agropecuária

Mais de 2 mil bovinos em situação irregular são interceptados nas fronteiras da Bolívia e Paraguai durante operação conjunta

Imagem
Uma nova operação conjunta dos órgãos federais e estaduais para combater crimes transfronteiriços ocorreu entre os dias 18 e 28 de julho, no Mato Grosso do Sul. A ação, denominada Ágata Oeste 2022, contou com a participação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio do Programa de Vigilância em Defesa Agropecuária para Fronteiras Internacionais (Vigifronteira), com a Operação Ronda Agro XXII. A ação de fiscalização agropecuária ocorreu de forma conjunta entre o Mapa e a Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal do Mato Grosso do Sul (Iagro). Durante a operação, foram fiscalizados 96.147 animais, dos quais mais de 2 mil bovinos se encontravam em situação irregular. Também foram apreendidas 2,9 toneladas de produtos de origem animal irregulares, duas embalagens de produtos de uso veterinário proibidos e duas de agrotóxicos ilegais. Na oportunidade ocorreram fiscalizações em 39 propriedades rurais e 135 veículos. Foram interditadas duas embarcações

IMA realiza consulta pública sobre a legislação da defesa agropecuária

Imagem
IMA realiza consulta pública sobre a legislação da defesa agropecuária O IMA quer ouvir a sua opinião! Produtores rurais, cooperativas, sindicatos, entidades de classe e representantes de agroindústrias podem participar da consulta pública sobre os atos normativos da defesa agropecuária enviando sua contribuição até 26 de novembro. Consulta pública sobre a legislação da defesa agropecuária    O IMA coloca em consulta pública, entre os dias 28 de setembro e 26 de novembro, os atos normativos da defesa agropecuária. Convida produtores rurais, cooperativas, sindicatos, entidades de classe e representantres de agroindústrias a contribuírem para a contrução de uma legislação mais moderna, justa e simples.   Você pode conferir as normas da defesa agropecuária, objetos desta consulta pública, neste link As contribuições devem ser feitas via formulário e os participantes  podem contri

Dia da Avicultura: ações da Secretaria de Agricultura contribuem com o setor e ajudam na garantia da qualidade

Imagem
Em 28 de agosto, é comemorado o Dia da Avicultura. Dada sua relevância para o agro paulista, o setor recebe grande atenção no Estado através de atividades de pesquisa, extensão rural, defesa agropecuária e prestação de serviços realizadas pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo. De acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) o Brasil atingiu, em 2019, o recorde de produção de 49 bilhões de ovos, com o consumo médio de 230 unidades por pessoa. No mesmo ano, a produção de carne de frango chegou a 13,245 milhões de toneladas, com um consumo médio de 42,84 quilos por habitante. Em 2020, a estimativa é que a produção de carne de frango poderá alcançar em torno de 13,7 milhões de toneladas. Confira algumas das ações da Secretaria para este setor: Sanidade avícola O Instituto Biológico (IB-APTA), da Secretaria, mantém em Descalvado o Centro Avançado em Pesquisa Avícola - CEAV. O Centro atua na pesquisa científica voltada à sanidade avícola,

Prorrogada consulta pública sobre fitossanitários para agricultura orgânica

Imagem
  A proposta estabelece requisitos mínimos para a produção e para o aumento da segurança desse tipo de insumo dentro das propriedades agrícolas O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) prorrogou por 90 dias o prazo da consulta pública sobre fabricação de produtos fitossanitários com uso aprovado para agricultura orgânica. A proposta de Instrução Normativa estabelece requisitos mínimos para a produção e para o aumento da segurança desse tipo de insumo dentro das propriedades agrícolas. O prazo para o recebimento das sugestões havia terminado em julho. Entre as inovações que a norma propõe está a classificação do risco das atividades de produção de fitossanitários para agricultura orgânica. Também está prevista a obrigatoriedade de assistência técnica ou capacitação dos produtores rurais para poderem fabricar para uso próprio, além da exigibilidade de itens de rastreabilidade aos sistemas de produção para uso próprio. A norma prevê ainda publicação de M

Pesquisadores realizam inspeção vegetal na fronteira entre Brasil, Bolívia e Peru

Imagem
Cultivos de banana, cupuaçu, cacau e coco, localizados na fronteira entre Brasil, Bolívia e Peru, foram inspecionados nos dias 28 e 31 de outubro, por uma equipe de pesquisadores, com o objetivo de verificar a ocorrência das pragas quarentenárias: mal-do-panamá, moníliase do cacaueiro e o amarelecimento letal do coqueiro. “Foi um sucesso porque não encontramos nenhuma dessas doenças nos plantios que visitamos”, afirmou o pesquisador da Embrapa Acre, Amauri Siviero, que coordenou os trabalhos. Para a pesquisadora Elisângela Fidelis, da Embrapa Cerrados, é alto o risco de entrada de pragas quarentenárias pela Amazônia devido, principalmente, a extensa faixa de fronteira. “Além disso, a agricultura na região tem crescido muito e são áreas em meio à floresta, fator que favorece a entrada de doenças nos plantios e pode afetar a exportação de produtos importantes para a economia nacional como uva, laranja e limão”, declarou. As pragas que recebem a denominação de quarentenárias são aquelas

Tecnologias para destinação de animais mortos na propriedade rural

Imagem
Qual o destino correto dos animais que morrem de causas rotineiras ou catastróficas em propriedades rurais? Esta é uma pergunta que muitos produtores e órgãos regulamentadores se fazem quando o assunto é a destinação de carcaças. Para auxiliar no tema, a Embrapa atua na validação de práticas e tecnologias consideradas rotas tecnológicas, por meio do projeto “Tecnologias para Destinação de Animais Mortos – TEC-DAM”. O objetivo do projeto é auxiliar produtores e órgãos regulamentadores na definição da melhor estratégia para a remoção das carcaças e na regulamentação específica sobre o tema no Brasil. O projeto é liderado pela Embrapa Suínos e Aves e conta com a participação da Embrapa Gado de Leite (MG) e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Há duas estratégias para a correta destinação de animais mortos: o tratamento dentro do estabelecimento agropecuário ou a remoção para centrais de tratamento. Em ambos os casos, é necessário avaliar o cenário e as c

IMA certifica primeira granja de frango caipira

Imagem
O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) certificou recentemente a primeira granja no estado com o selo do Programa Certifica Minas Frango Caipira, ave que faz parte da tradição culinária de Minas, iniciada ainda na época da colonização. O frango caipira é uma ave rústica, de crescimento lento e resistente ao clima tropical. Seu principal diferencial em relação às demais aves é que a criação oferece baixo custo ao produtor, pois ele pode aproveitar a infraestrutura de sua propriedade, adaptando as exigências sanitárias. O IMA é o primeiro órgão de defesa agropecuária do Brasil a fazer essa certificação. A portaria do Instituto que instituiu o programa, de nº 1833, foi publicada em 4 de julho de 2018, com o objetivo de promover a produção segura dessa ave a com a adoção de normas sanitárias. A granja certificada está instalada no município de Lagoa da Prata, região centro-oeste de Minas Gerais, possui dois hectares e investiu perto de R$ 20 mil na adequação das instalações. A prop

Peste Suína Clássica no Brasil

Imagem
No último dia 6 de outubro, foi confirmado um foco de PSC (Peste Suína Clássica) no município de Forquilha (CE), em propriedade de criação familiar de subsistência sem vínculos com estabelecimentos comerciais ou de reprodução de suínos. O foco está a mais de 500 km distante da divisa com a zona livre de PSC do Brasil, reconhecida pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). Portanto, a ocorrência não altera o reconhecimento internacional concedido a essa região, não justificando impactos no comércio de suínos e seus derivados. O diagnóstico foi confirmado pelo Laboratório Nacional Agropecuário do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio de técnicas moleculares, realizado em amostras de um suíno que apresentava sinais clínicos da doença. Estão sendo adotados os procedimentos para eliminação do foco, com sacrifício e destruição dos suínos, e investigação epidemiológica para as propriedades situadas no raio de 10 km em torno do foco e todas as propriedade

Com ajuda de cão, Vigiagro age para prevenir ingresso de peste suína africana

Imagem
Cão Thor auxiliou o trabalho executado entre os últimos dias 3 e 5 Fiscais realizaram ação no Aeroporto Internacional de Guarulhos entre os dias 3 e 5 Pela primeira vez, o Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) utilizou o trabalho de um cão de detecção no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, para intensificar o controle da entrada de produtos de origem animal e vegetal. O labrador Thor integra a dupla chamada K9, formada por ele e por um operador (fiscal), mas atuou intensamente entre os últimos dias 3 e 5, no desembarque do maior aeroporto internacional do país, em operação especial. acompanhando 16 auditores fiscais agropecuários. O trabalho resultou na apreensão de camarão, carne in natura com osso (principalmente bovina), carne in natura sem osso (principalmente bovina), embutidos (principalmente suíno), pé de galinha, grãos e sementes. Os produtos foram destruídos. O foco da equipe do Vigiagro

Execução do programa de prevenção da aftosa está em dia e PR deve suspender vacina

Imagem
Guilherme Marques durante a reunião de balanço do PNEFA Balanço foi feito nesta semana em Brasília. Retirada da campanha no estado deverá acontecer junto com Acre, Rondônia, parte do Amazonas e de Mato Grosso O Paraná deve antecipar de 2021 para maio do ano que vem a retirada da vacinação contra a febre aftosa, se resolver pequenas inconformidades verificadas, como a necessidade de melhorias em postos fiscais. O diretor do Departamento de Saúde Animal (DSA)do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Guilherme Marques disse o ministério enviará ainda neste mês o relatório das inconformidades encontradas em duas auditorias realizadas ao longo deste ano a autoridades sanitárias do estado, que deverão quando resolverão pendências. Caso, o ministério aceite as correções providenciadas, o estado será autorizado a começar a retirada da vacinação, em sete meses, juntamente com o Acre, Rondônia, parte do Amazonas e de Mato Grosso, estados que fazem parte do chamado bloco

Mapa disponibiliza listagem atualizada de pragas quarentenárias

Imagem
A informação é importante tanto na importação quanto na exportação de produtos vegetais O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicou na terça-feira (02), no Diário Oficial da União (DOU), as Instruções Normativas n° 38 e n° 39 com a relação de Pragas Quarentenárias Presentes e Ausentes no Brasil, com o objetivo de atualizar a lista de todas as doenças regulamentadas pelo Mapa. A IN 39 trata da Praga Quarentenária Ausente (PQA), de importância econômica para uma determinada área de perigo e que não está presente no território nacional. A Praga Quarentenária Presente (PQP), referida na IN 38), está presente no país, porém não amplamente distribuída e sob o controle oficial. Segundo a auditora fiscal federal agropecuária, Graciane Magalhães de Castro, diretora substituta do Departamento de Sanidade Vegetal (DSV) do Mapa, “as duas listas serão disponibilizadas no site do ministério para facilitar o acesso aos interessados, tanto para o processo de importação e

CDA alerta para prazos do Gedave no Estado de São Paulo

Imagem
Sem o cadastro no sistema no prazo estabelecido, distribuidor estará impedido de vender. Alerta serve também para indústrias e produtores rurais. No dia 2 de janeiro de 2019, o Conselho de Defesa Agropecuária (CDA) inicia junto a cadeia do agronegócio do Estado de São Paulo a utilização, em sua plenitude, do sistema eletrônico Gestão de Defesa Animal e Vegetal (Gedave) . Isso significa que a indústria, os distribuidores de insumos agropecuários e produtores paulistas que não estiverem cadastrados e operando dentro da plataforma, estarão impedidos de realizar a venda e também a compra de produtos dentro do estado . O alerta foi divulgado no último dia 20 de setembro no Diário Oficial, portanto, deve-se realizar os procedimentos o quanto antes, uma vez que a documentação das empresas e dos produtores precisa estar em ordem e uma eventual regularização pode demorar e inviabilizar a entrada no Gedave. Pioneiro no País, o Gedave está alinhado à Política Nacional d

GEDAVE – O que é, como funciona e pontos de atenção da etapa de Cadastro

Imagem
O GEDAVE , Gestão de Defesa Animal e Vegetal, é um sistema criado para controle do comércio e uso de agrotóxicos e insumos veterinários  que em breve entrará no ar. A ADIAESP vem fazendo reuniões com a CDA para alinhamento e difusão do conhecimento junto aos seus associados. Iniciativa do governo paulista, foi idealizado no ano 2000 para controlar o trânsito animal e vegetal, monitorando a movimentação das espécies e evitando disseminação de pragas e doenças que poderiam por em risco a população e as atividades comerciais dos produtores. Apenas em 2011, quando foi assumido pelo PRODESP, houve o início do desenvolvimento do sistema. Diversos módulos foram contemplados no sistema. Para nossa atividade fim, é essencial conhecer bem o módulo “Agrotóxicos”. Tal módulo foi proposto para atender as exigências do Ministério Público de São Paulo; permitir integração entre as demais funcionalidades da área vegetal; agilizar os processos fiscalizatórios; criar sist

Acre e Rondônia devem vacinar contra aftosa pela última vez no ano que vem

Imagem
  Campanha deve ocorrer em maio, como prevê o Plano Nacional de Erradicação da doença, que completou um ano e será avaliado agora em outubro   Os resultados do primeiro ano de execução do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA) serão discutidos entre os dias 1º e 5 de outubro, por integrantes do Departamento de Saúde Animal (DSA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), de serviços veterinários oficiais (SVO), das Superintendências da Agricultura (SFA) e dos quatro laboratórios oficiais (Lanagros), que fazem a sorologia da aftosa. As reuniões serão realizadas na Escola Nacional de Gestão Agropecuária (Enagro), em Brasília. O PNEFA completou um ano no último dia 20. Na avaliação do departamento, o plano está dentro do cronograma previsto e não teve qualquer alteração. Com isso, os estados do Acre e de Rondônia, deverão ser os primeiros a fazer a última campanha de vacinação contra a aftosa em maio do próximo an

Plano visa evitar ingresso de nova praga que afeta bananeiras

Imagem
O fungo ainda não foi detectado no continente americano, mas tem causado perdas a plantações na Ásia, Oriente Médio e em Moçambique Instrução Normativa nº 43 , publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (22), cria o Plano Nacional de Contingência para ações preventivas e emergenciais de contenção, supressão e erradicação de focos da praga Fusarium oxysporum f.sp cubense raça 4 tropical - Foc R4T, causador da murcha de Fusarium em bananeira. Essa nova raça do fungo (raça 4 tropical) tem causado perdas no sul da Ásia, Oriente Médio e Moçambique, sendo considerada a maior ameaça para a cultura da banana no mundo. Além das variedades prata e maçã, ainda afeta as variedades nanica e nanicão. No continente americano, o fungo ainda não foi relatado e sua introdução pode trazer sérios problemas para a produção de bananas, um dos alimentos básicos considerado chave para a segurança alimentar da região. Como até o momento não há variedades resistentes, a melhor medida de controle é a excl

Rede nacional de pesquisadores desenvolve soluções para aplicação de defensivos na lavoura

Imagem
Sensores inteligentes, modelos computacionais, avaliação de técnicas e equipamentos de pulverização são alguns dos resultados obtidos pela mais abrangente pesquisa realizada em rede no País sobre aplicação de defensivos agrícolas. O trabalho produziu modelos a serem adotados em diferentes regiões e culturas e gerou um amplo banco de dados sobre a pulverização agrícola nacional. Durante quatro anos, equipes de cientistas se debruçaram sobre o tema para identificar e apontar estratégias e tecnologias aéreas e terrestres para o controle de pragas. O projeto “ Desenvolvimento da aplicação aérea de agrotóxicos como estratégia de controle de pragas agrícolas de interesse nacional ” integrou sete centros de pesquisa da Embrapa , o Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola ( Sindag ), dez universidades, duas empresas de consultoria e tecnologias de aplicação e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento ( Mapa ). A proposta teve entre seus principai

Mais um vírus causador de mosaico em sorgo é identificado no Brasil

Imagem
Pesquisadores da Embrapa Milho e Sorgo (MG) identificaram, pela primeira vez no Brasil, a ocorrência da espécie Johnsongrass mosaic virus (JGMV) infectando, naturalmente, lavouras de sorgo [ Sorghum bicolor (L.) Moench]. Os estudos encontraram também, entre os diversos genótipos testados, uma linhagem de sorgo resistente ao mosaico comum causado por essa espécie de potyvírus. Em condições ambientais que favoreçam o seu aparecimento, a doença pode provocar perdas consideráveis na produção, de acordo com os pesquisadores. O JGMV é o segundo vírus causador desse mal no sorgo identificado no Brasil. “Anteriormente, apenas o Sugarcane mosaic virus (SCMV) havia sido encontrado causando mosaico nessa espécie no País”, informa a pesquisadora da Embrapa Isabel Regina Prazeres de Souza. Os resultados, publicados no International Journal of Current Research , foram obtidos após análises moleculares realizadas com amostras de tecido foliar, coletadas das plantas que apres
E aí, gostou da matéria? A Agroales News tem em sua missão trazer boas informações aos seus leitores. Sinta-se livre para curtir, comentar e compartilhar nas redes sociais! Contribua com PIX! Chave PIX AGROALES: 999e11f7-141b-460e-a5fe-27a2673c20b3