Postagens

Mostrando postagens com o rótulo trânsito animal

IMA alerta produtores que não se recadastraram para que regularizarem sua situação perante o órgão

Imagem
Criadores que não se recadastraram estão impedidos de vender e transitar com seus animais. Recadastramento é rápido com benefícios para o produtor e para o IMA Produtores rurais que não se recadastraram junto ao Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) e que, por isso, estão impedidos de transitar com seus animais dentro e fora do estado, ainda poderão procurar o Instituto para regularizar a sua situação. Quem não se recadastrou está impossibilitado de obter a Guia de Trânsito Animal (GTA), documento oficial emitido pelo IMA e que é pré-requisito para o transporte e venda de animais em todo o território mineiro. O IMA realizou uma campanha para o recadastramento, cujo prazo terminou em 29 de dezembro de 2017. Durante a campanha cerca de 173 mil produtores efetivaram o seu recadastramento, de um total de 340 mil em todo o estado, explica o assessor da diretoria Técnica do IMA, Bruno Rocha de Melo. “Estamos alertando aos produtores que ainda não o fizeram, para que procurem uma unidade d

IMA e PMMG assinam convênio para fortalecer fiscalização nas barreiras sanitárias fixas e em blitz de estradas de Minas

Imagem
Termo contribui para a adesão do estado no plano de retirada de vacinação da febre aftosa prevista para 2021 O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) e a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) assinaram em 3 de janeiro Termo de Descentralização de Crédito Orçamentário para a convocação de cerca de 100 policiais militares para atuarem nas 16 barreiras sanitárias e em blitz de estradas do estado. As barreiras vistoriam o trânsito de animais e cargas de produtos vegetais e de origem animal, de forma a prevenir a entrada e a disseminação de doenças ou pragas no estado. O acordo, assinado pelo comandante-geral da Polícia Militar Helbert Figueiró de Lourdes e pelo diretor-geral do IMA Marcílio de Sousa Magalhães, tem o objetivo de reforçar a segurança durante ações desenvolvidas pelos servidores do IMA nas barreiras sanitárias, contribuindo para a adesão do estado ao plano de retirada de vacinação de febre aftosa prevista pelo Ministério da Agricultura para o ano de 2021. De acordo com o

Em 29/12/2017 findou-se o prazo para o recadastramento de produtores rurais no estado de Minas Gerais

Imagem
O recadastramento é obrigatório em todo o estado. Quem não se recadastrar estará impedido de transitar com seus animais dentro e fora de Minas Gerais Terminou em 29/12/2017 o prazo para se recadastrarem junto ao Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) os criadores de bovinos, bubalinos, caprinos, ovinos e equídeos. Estes criadores deverão comparecer a uma unidade do IMA e apresentar original e cópia dos documentos pessoais e de comprovante de endereço. O IMA alerta que, o criador que não o fizer estará impedido de transitar com seus animais dentro e fora do estado o que o impedirá, inclusive, de vender animais do seu plantel ou participar de eventos agropecuários. A medida tem o objetivo de regularizar os dados dos criadores junto ao IMA, tendo em vista que muitos produtores deixaram a atividade ou venderam seu rebanho e não comunicaram ao Instituto. Da mesma forma, muitos já faleceram e os familiares não comunicaram esse fato ao IMA. As duas situações contribuem para que o
E aí, gostou da matéria? A Agroales News tem em sua missão trazer boas informações aos seus leitores. Sinta-se livre para curtir, comentar e compartilhar nas redes sociais! Contribua com PIX! Chave PIX AGROALES: 999e11f7-141b-460e-a5fe-27a2673c20b3