Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Cultivares

Bambu é alternativa de renda na produção familiar

Imagem
  Foto: Elias Miranda É possível manejar bambus nativos e fazer da planta uma opção de renda na agricultura familiar. Com técnicas de colheita adequadas o vegetal rebrota com facilidade e pode produzir por muito tempo. É o que concluiu uma pesquisa da Embrapa realizada em comunidades rurais do Acre com o objetivo de comprovar o potencial econômico e viabilizar o aproveitamento desse recurso natural. Com moradores da Reserva Extrativista Chico Mendes , município de Assis Brasil (AC), os pesquisadores atuaram na definição de um sistema de produção para a cultura. Além de possibilitar o manejo de reservas nativas, as pesquisas realizadas pela Embrapa em parceria com a Fundação de Tecnologia do Acre ( Funtac ), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresa ( Sebrae ) e Universidade Federal do Acre ( Ufac ) contribuíram para desmistificar o vegetal, antes considerado indesejado por sua capacidade de se espalhar rapidamente. Para demonstrar as potencialidades do bambu

Cultivares de gergelim da Embrapa geram R$ 52,9 milhões aos produtores brasileiros

Imagem
  Cultivar de gergelim BRS Morena - Foto: Sergio Cobel Para cada real investido pelo Governo Federal, a Embrapa devolveu à sociedade R$ 17,77 reais, obtendo um lucro social de R$ 61,85 bilhões, conforme o Balanço Social da Empresa, publicado no final do mês de abril. O valor é obtido a partir do cálculo do impacto econômico de uma amostra de apenas 152 tecnologias adotadas pelo agronegócio brasileiro e de 220 cultivares desenvolvidas pela Empresa. No ano passado, a Empresa gerou um lucro social de R$ 61,85 bilhões.   Entre as campeãs de impacto econômico estão as cultivares de gergelim desenvolvidas pela Embrapa Algodão BRS Seda , BRS Anahí e BRS Morena . Juntas, essas cultivares geraram um impacto econômico de R$ 52,9 milhões para os produtores brasileiros. As cultivares de gergelim do programa de melhoramento da Embrapa para essa cultura tem gerado soluções tecnológicas para atender as demandas dos mercados interno e externo, com alto rendimento para o produtor.  Nas

Embrapa entrega para MS cultivares de capim-elefante para gado leiteiro

Imagem
  Os produtores de gado leiteiro de MS contam com duas novas cultivares de capim-elefante da Embrapa: BRS Kurumi e BRS Capiaçu. A entrega das mudas foi realizada na manhã de sexta-feira, 3 de fevereiro, na Embrapa Agropecuária Oeste, em Dourados. Participaram da solenidade de entrega simbólica das mudas cerca de 50 pessoas, entre produtores rurais e profissionais da assistência técnica rural, além de outros representantes do setor público agrícola. As novas variedades, BRS Capiaçu e BRS Kurumi, são destaques entre as cultivares de capim-elefante. A cultivar de capim-elefante anão BRS Kurumi, voltada para o pastoreio direto, se caracteriza por apresentar alto potencial de produção de forragem com excelentes características nutricionais, o que possibilita ao produtor de leite intensificar a produção animal com menor uso de concentrado. Já, a BRS Capiaçu possui porte alto, que pode ultrapassar os cinco metros de altura, com alta produção de biomassa e destinada à silagem e

Embrapa lança cultivar de arroz para áreas de sequeiro

Imagem
  A cultivar BRS A 502 é uma ótima alternativa para o cultivo de arroz de terras altas, principalmente em área sob agricultura intensiva. A Embrapa e parceiros lançaram a cultivar de arroz BRS A502, indicada para o cultivo em áreas de sequeiros em terras altas nos estados do Maranhão, Pará, Rondônia, Piauí, Goiás e Mato Grosso. A cultivar possui como destaque a tolerância ao acamamento e à brusone e a alta estabilidade de rendimento de grãos inteiros, o que permite ao produtor maior flexibilidade na colheita. Essas características, associadas ao alto potencial produtivo e à excelente qualidade industrial e culinária de grãos, fazem da BRS A502 uma excelente opção para sistemas de produção de grãos e de renovação de pastagens. A cultivar encontra-se inscrita no Registro Nacional de Cultivares (RNC), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), sob o nº 39.138.  Para Isabela Furtini, pesquisadora da Embrapa Arroz e Feijão que trabalha no Programa de M

Fundação Procafé desenvolve soluções tecnológicas para a sustentabilidade da cafeicultura nacional

Imagem
Programa de pesquisa de desenvolvimento de cultivares de café mantém protagonismo do Brasil no setor Com a propagação da ferrugem do cafeeiro (H. vastatrix) por lavouras do território nacional no início dos anos 1970 o extinto Instituto Brasileiro do Café – IBC, na época uma autarquia federal, iniciou um programa de melhoramento genético com o objetivo de desenvolver cultivares de café resistentes a esse fungo. Em 1992, após a extinção do IBC foi criada a Fundação Procafé, com a missão de dar continuidade ao programa de melhoramento genético e ser responsável pelo desenvolvimento de novas cultivares. A Fundação Procafé, com sede em Varginha – MG, conta com fazendas experimentais nos municípios de Varginha e Boa Esperança, em Minas Gerais, e Franca, em São Paulo. Além dessas fazendas há outras áreas experimentais em propriedades de cooperativas e produtores rurais no Sul de Minas, Zona da Mata, Alto Paranaíba, Triângulo Mineiro, Norte de Minas, Alta Mogiana – SP, região Serrana do Espír

Fazenda Pontinha (GO) apresenta evento com cultivares de feijão, trigo e plantas de cobertura

Imagem
O III Dia de Campo sobre Feijão, Trigo e Plantas de Cobertura será realizado no próximo dia 18 de julho na Fazenda Pontinha, localizada em Cristalina, a 281 Km de Goiânia, com a participação de produtores, consultores e técnicos rurais. Coordenado pela Consultoria Cristalgrin o dia de campo conta com o apoio da Embrapa Arroz e Feijão (GO) e Embrapa Cerrados (DF), da FMC Corporation e da Biotrigo, o evento tem o objetivo de apresentar as cultivares de feijões carioca da Embrapa, BRS Pérola; BRS FC402; BRS FC104 (superprecoce); e de feijão preto BRS FP403 e BRS Esteio; também as cultivares de trigo BRS 394 e BRS 264, além de outras variedades da Biotrigo e abordar as práticas de manejo da fertilidade do solo e doenças. Durante o dia de campo os participantes passarão por quatro estações: Posicionamento de cultivares de feijão; Posicionamento de cultivares de trigo; Manejo integrado de doenças; e, por fim, a quarta estação, Práticas de manejo para formação de matéria orgânica. Para os o

Proteção de cultivares passa a ser cem por cento automatizada

Imagem
Conseguir o Certificado de Proteção de Cultivares se tornou mais fácil. A mais recente evolução do CultivarWeb informatizou integralmente os procedimentos relativos à proteção de cultivares, proporcionando agilidade e transparência na obtenção da propriedade sobre variedades de plantas. “Com o processo eletrônico, os obtentores podem depositar os pedidos de proteção sem ter que vir às dependências do Ministério da Agricultura, não ficando restritos ao horário de expediente. O pedido pode ser depositado com um clique, de dentro do seu escritório, inclusive nos finais de semana”, disse o coordenador do Serviço Nacional de Proteção de Cultivares, da Secretaria de Defesa Agropecuária, Ricardo Zanatta, que observou também a redução de custos operacionais, tanto para o Governo, quanto para os usuários do serviço. Outra característica inovadora é a gestão das taxas relacionadas ao serviço. Com o novo sistema, os obtentores monitoram e gerenciam as taxas que devem recolher, emitindo Guias d
E aí, gostou da matéria? A Agroales News tem em sua missão trazer boas informações aos seus leitores. Sinta-se livre para curtir, comentar e compartilhar nas redes sociais! Contribua com PIX! Chave PIX AGROALES: 999e11f7-141b-460e-a5fe-27a2673c20b3