Postagens

Mostrando postagens com o rótulo zoneamento agrícola

Ministério da Agricultura atualiza zoneamento agrícola para mamona

Imagem
  O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicou nesta sexta-feira (28) novas portarias do Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc) para a cultura da mamona. A atualização tecnológica, coordenada pela Embrapa e validada com técnicos de diversas áreas ligadas ao setor produtivo, inclui cultivares de ciclo mais curto, risco de chuva na colheita, atualizações na base de dados meteorológicos e ajustes para diminuir os riscos na produção. “O objetivo do trabalho técnico e metodológico foi identificar as áreas de plantio de menor risco climático para a cultura, abarcando três níveis de risco: 20%, 30% e 40%, e definir os melhores períodos de semeadura para mamona no Brasil, buscando reduzir perdas de produção e obter rendimentos mais elevados”, afirma Eduardo Monteiro, pesquisador da Embrapa Informática Agropecuária (Campinas, SP) e coordenador do Zarc. Entre as novidades, destacam-se a atualização dos parâmetros de cultura e ciclos representativos, inclusão

Zoneamento agrícola e época de semeadura de trigo

Imagem
O Ministério da Agricultura adota o “Zoneamento Agrícola de Risco Climático” (ZARC) para definir regiões e épocas mais apropriadas ao cultivo agrícola, considerando a precipitação pluvial, evapotranspiração, tipos de solo, ciclos das culturas, fases fenológicas e adaptação de cultivares. O objetivo principal do ZARC é subsidiar a definição da “política de crédito de custeio agrícola oficial e de seguro rural privado e público”, visando reduzir os riscos de perdas causadas por adversidades climáticas. Nas regiões tradicionais de cultivo de trigo no Brasil, os maiores riscos de perda de produção estão relacionados com: 1) temperatura elevada e deficiência hídrica (na região tropical); 2) geada no espigamento; 3) excesso de chuva após o espigamento, causando doenças de difícil controle, como a giberela na região temperada e brusone na região tropical; e 4) excesso de chuva na colheita, ocasionando a perda de qualidade tecnológica dos grãos. Os períodos de semeadura do trigo
E aí, gostou da matéria? A Agroales News tem em sua missão trazer boas informações aos seus leitores. Sinta-se livre para curtir, comentar e compartilhar nas redes sociais! Contribua com PIX! Chave PIX AGROALES: 999e11f7-141b-460e-a5fe-27a2673c20b3