Postagens

Mostrando postagens com o rótulo sorgo

Consórcio Canamilho será tema de palestra do Congresso Nacional de Milho e Sorgo 2022

Imagem
  Foto: Fabiano Bastos Estão abertas as inscrições para o XXXIII Congresso Nacional de Milho e Sorgo que ocorrerá de 12 a 15 de setembro. Evento técnico-científico realizado a cada dois anos, nesta edição será em formato híbrido, sendo presencial em Sete Lagoas (MG) e online para os inscritos. As inscrições podem ser feitas no site do Congresso: http://www.abms.org.br/cnms/Home.html   Promovido pela Associação Brasileira de Milho e Sorgo, a organização da edição deste ano do evento ficou a cargo da Embrapa Milho e Sorgo. Um dos painéis do Congresso vai tratar no dia 15 de assuntos referentes à intensificação sustentável da agropecuária. “Sistemas alternativos de consórcio para melhoria da eficiência dos cultivos para usinas flex (consórcio Canamilho)” será o tema da palestra do pesquisador da Embrapa Cerrados, Kleberson de Souza. A tecnologia Canamilho é considerada inovadora e alia rentabilidade com preservação ambiental, já que protege o solo da erosão e intensifica

Embrapa realiza série de lives sobre o sorgo

Imagem
  Em meio à conjuntura de uma safra recorde de grãos confirmada pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) que ultrapassa as 253 milhões de toneladas, o sorgo vem ganhando destaque, mesmo que ainda de forma tímida, na evolução da produção, da produtividade e do aumento de área plantada. Em relação à última safra, por exemplo, a área plantada com sorgo no País saltou de 732.300 hectares para 808.700 hectares, considerando os últimos dados relativos à projeção da Conab para o mês de julho de 2020. A produtividade – de 2.973 kg/ha na safra 2018/2019 – passou para 3.254 kg/ha, e a estimativa de produção chega a 2.631.000 toneladas.  Os produtores do estado de Goiás, maior produtor de sorgo do Brasil, têm contabilizado ainda um saldo positivo na comercialização do cereal, já que o valor da saca tem se valorizado. Para mostrar o potencial da cultura na alimentação de animais e seus diferenciais, como maior tolerância à seca, o contexto de produção, além do manejo de p

Sorgo BRS 716 possui elevado potencial para a geração de energia

Imagem
A cultivar de sorgo BRS 716 , desenvolvida pela Embrapa Milho e Sorgo , apresenta grande potencial para a produção de biomassa, com desenvolvimento vegetativo bastante vigoroso. De acordo com resultados de pesquisas, em condições ideais (em plantios de safra no período entre outubro e novembro), este material tem capacidade de produzir além de 100 toneladas de matéria verde por hectare e até 30 toneladas de matéria seca por hectare. A cultivar pode ser utilizada tanto para a formação de palha nos sistemas de plantio direto como para a produção de alimentos, silagem e também energia. Em relação a essa última finalidade, as usinas podem realizar a queima direta em caldeira para conversão em energia térmica, utilizá-la em caldeiras de alta pressão para transformação em energia elétrica e também fazerem uso da cultivar para a produção do etanol de segunda geração, derivado da transformação da celulose em álcool. O sorgo biomassa BRS 716 tem capacidade de atingir até seis me

Embrapa Milho e Sorgo lança Programa Conexões para Inovação

Imagem
A Embrapa Milho e Sorgo está lançando o Programa Conexões para Inovação , uma iniciativa em busca de empreendedores que queiram atuar em conjunto com a Embrapa na busca de soluções de problemas ou na apresentação de novas oportunidades para as cadeias produtivas do milho, do sorgo e do milheto, agregando conhecimentos e experiências dos setores público e privado.    “A Embrapa Milho e Sorgo é uma Unidade que já conta com um amplo número de parcerias público-privadas. Com esse novo programa de inovação aberta, queremos atrair novas empresas e ideias para oxigenar e renovar nosso ecossistema de inovação, visando ampliar ainda mais as entregas e os impactos das tecnologias da Embrapa no setor produtivo” explica Maria Marta Pastina, chefe-adjunta de Pesquisa e Desenvolvimento.    Segundo Lauro Guimarães, chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia,  esse tipo de abordagem (inovação aberta) permite a conexão direta entre a Embrapa e o setor produtivo, maximizando esforç

Sorgo de corte e pastejo: forragem e recuperação de pastagens

Imagem
Resultado do cruzamento do sorgo Sudão com o sorgo Bicolor, o chamado sorgo de corte e pastejo é uma planta de rápido crescimento, resistente à seca, que apresenta grande rusticidade e pouca exigência quanto à qualidade de solo, além da facilidade de manejo para corte ou pastejo direto, excelente valor nutritivo e alta produção de forragem. Por essas características, pesquisadores da Embrapa recomendam seu uso como opção, nutritiva e de baixo custo, para o fornecimento de forragem fresca para os bovinos. Segundo o pesquisador José Avelino Rodrigues, nas fazendas brasileiras de produção de leite e carne, a oferta de alimentos volumosos de boa qualidade é sazonal, tornando a produção instável. Além disso, é comum produtores adotarem um único sistema de produção de volumoso, que nem sempre é o mais adequado para sua propriedade e, algumas vezes, não apresenta uma relação custo/benefício adequada. Confira o livro Pragas e Doenças de Plantas Forrageiras que aborda como pragas e doenças

Sorgo é rico em nutrientes e antioxidantes, aponta pesquisa

Imagem
Cereal conhecido por sua utilização na alimentação animal, o sorgo pode se tornar uma rica matéria-prima para fabricação de produtos alimentícios para humanos. Pesquisa realizada pela Embrapa Milho e Sorgo (MG) e parceiros selecionou genótipos (variedades) do cereal com grãos que contêm altos teores de ferro, zinco, proteínas, fibras e vitamina E, além de detectar a presença de compostos fenólicos com alta capacidade antioxidante, os quais podem auxiliar no combate a doenças crônicas como a obesidade, o diabetes e o câncer. O sorgo ( Sorghum bicolor L. Moench) é uma cultura utilizada como base alimentar em muitas partes do mundo. Na América do Sul, nos Estados Unidos e na Austrália, este cereal é utilizado basicamente na alimentação animal. Já na América Central, na Ásia e na África, seus grãos são usados também na alimentação humana para produção de farinha e de amido industrial, na fabricação de pães e biscoitos. A nutricionista Valéria Aparecida Vieira Queiroz,

Mais um vírus causador de mosaico em sorgo é identificado no Brasil

Imagem
Pesquisadores da Embrapa Milho e Sorgo (MG) identificaram, pela primeira vez no Brasil, a ocorrência da espécie Johnsongrass mosaic virus (JGMV) infectando, naturalmente, lavouras de sorgo [ Sorghum bicolor (L.) Moench]. Os estudos encontraram também, entre os diversos genótipos testados, uma linhagem de sorgo resistente ao mosaico comum causado por essa espécie de potyvírus. Em condições ambientais que favoreçam o seu aparecimento, a doença pode provocar perdas consideráveis na produção, de acordo com os pesquisadores. O JGMV é o segundo vírus causador desse mal no sorgo identificado no Brasil. “Anteriormente, apenas o Sugarcane mosaic virus (SCMV) havia sido encontrado causando mosaico nessa espécie no País”, informa a pesquisadora da Embrapa Isabel Regina Prazeres de Souza. Os resultados, publicados no International Journal of Current Research , foram obtidos após análises moleculares realizadas com amostras de tecido foliar, coletadas das plantas que apres
E aí, gostou da matéria? A Agroales News tem em sua missão trazer boas informações aos seus leitores. Sinta-se livre para curtir, comentar e compartilhar nas redes sociais! Contribua com PIX! Chave PIX AGROALES: 999e11f7-141b-460e-a5fe-27a2673c20b3